Prefeitura de Sorriso declara Situação de Emergência devido à estiagem

A Prefeitura de Sorriso, por meio do Decreto Nº 1.019, datado de 12 de dezembro de 2023, anunciou oficialmente a declaração de “Situação de Emergência” nas áreas do município afetadas pelo prolongado período de estiagem que assola a região nos últimos 120 dias.

A decisão, tomada em conjunto com a Administração Municipal, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC) e a recém-formada Comissão de Monitoramento Climático, foi motivada pelas chuvas abaixo da média para os meses de novembro e dezembro, aliadas a meses consecutivos de estiagem e ondas de calor.

O texto do decreto, assinado pelo prefeito Ari Lafin nesta tarde de quinta-feira (21), destaca que a estiagem está gerando impactos econômicos e sociais expressivos. A redução na produção de importantes cultivos agrícolas, como soja, milho, algodão e feijão, resultou em perdas significativas nas propriedades rurais locais. A Defesa Civil, em sua recomendação, ressaltou que Sorriso é reconhecido como a “Capital Nacional do Agronegócio”, com uma produção agrícola estimada em 630,00 hectares, conforme a Lei Federal n° 12.724/2012.

A decisão de declarar situação de emergência contou com a participação ativa da recém-criada Comissão de Monitoramento Climático, responsável por tratar de questões relacionadas à escassez de chuvas, considerando-a atípica para a época. A estiagem, segundo a análise, resultará na frustração da safra agrícola, comprometendo a capacidade dos agricultores em cumprir seus compromissos de financiamento e contratos futuros. Isso gerará alerta e endividamento no comércio de insumos local, impactando a economia e a indústria, além de causar reflexos sociais para a população local.

O decreto enfatiza que a chuva mensal acumulada nos meses de setembro a dezembro de 2023 totalizou apenas 399,2 mm, enquanto a média histórica para o mesmo período seria de aproximadamente 1000mm.

O documento na íntegra pode ser consultado  AQUI.

A Prefeitura de Sorriso está adotando medidas emergenciais para mitigar os impactos da estiagem e está em alerta máximo para prestar assistência às comunidades afetadas, buscando a colaboração de órgãos estaduais e federais para enfrentar essa situação crítica.

Veja também

Delegada Jessica Assis fala sobre a Campanha Maio Laranja de combate ao abuso e à exploração sexual infantil

Manifestação na Agência da Caixa Econômica Federal de Sorriso chama atenção para falta de pessoal

Inscrições abertas para cursos profissionalizantes gratuitos em Sorriso

Entrevista na Sorriso FM destaca a Campanha Maio Furta Cor pela Saúde Mental Materna

Secretário de Obras de Sorriso esclarece situação na Avenida Natalino João Brescansin

Governador defende eficiência e que Brasil lidere setor da economia verde