Procon-MT aplicou R$ 5,8 milhões em multas somente em fevereiro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

No início do mês de fevereiro, a Turma Recursal da Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MT)  da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) julgou 108 processos em segunda instância. As multas, aplicadas a diferentes fornecedores, somam um valor de R$ 5,8 milhões.

As sanções resultam tanto de reclamações que foram registradas pelos consumidores, quanto de processos finalizados pela Coordenadoria de Fiscalização do órgão de proteção e por infrações ao Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Até agora, no mês de fevereiro, foram julgados processos referentes a energia elétrica (76); produtos e serviços (13); serviços financeiros (09); turismo (03); água (03) e educação (03). Além disso, em um dos processos, a multa foi anulada.

O julgamento foi realizado no dia 08 de fevereiro de 2022, na sede do Procon-MT. Os processos são julgados em decisão colegiada composta pelos membros da Turma Recursal e pelo secretário adjunto do órgão de defesa do consumidor, Edmundo Taques.

Os fornecedores multados serão notificados, recebendo uma via do voto e o boleto para quitação da penalidade em até 30 dias – sem possibilidade de um novo recurso. Em caso de não pagamento, o fornecedor é inscrito na dívida ativa do Estado e executado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE).

A decisão no âmbito do Procon-MT é definitiva, sem possibilidade de recurso por vias administrativas.

A próxima sessão da Turma Recursal ocorre na próxima terça-feira (22). O calendário dos julgamentos, os editais e as atas podem ser consultados no site do Procon-MT.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

28d22ea8debbc6b199988d13574fc667

STF autoriza licença paternidade de 180 dias para servidores públicos

627b2343c2646efd56

Justiça publica lista de credores de transportadora de Sorriso que deve R$ 37,7 mi

5e340771c3d5915014a6302055439ce1

TCE-MT e AMM debatem criação de sistema de planejamento e contabilidade e avançam na implantação do GPE

cidadaos com voz e vez

Conheça o projeto Cidadãos com Voz e Vez desenvolvido em Sorriso (vídeo)

phpThumb (19)

Fórum de Nova Ubiratã abre processo seletivo credenciar fisioterapeuta e psicologia

15045641_2

Justiça nega liberdade a acusado de dirigir na contramão e matar motorista de aplicativo e passageira em MT