Projetos do Corpo de Bombeiros beneficia 140 crianças e adolescentes com atividades educativas e musicais

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) realizou, nesta quarta-feira (27.04), aula inaugural que marca o início das atividades de ensino dos projetos Musicalizar e Bombeiros do Futuro 2022. Para essa ação, que conta com o apoio da primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, foram destinados R$ 200 mil para a compra de 131 instrumentos musicais.

A solenidade foi realizada no auditório do Tribunal de Contas (TCE) e contou com a presença de militares, das 140 crianças e adolescentes inscritos no projeto, além de pais.

“Fico muito feliz em fazer parte desses lindos projetos: Musicalizar e Bombeiros do Futuro 2022, em que fortalecemos, através do Governo de Mato Grosso, com recurso no valor de R$ 200 mil entregue no ano passado. É lindo ver o poder que a música tem de transformar a vida das nossas crianças. Apoiei e apoio com muito carinho esses projetos sociais, pois sei e acredito na diferença que essas ações fazem para as crianças. Quero agradecer e parabenizar o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Alessandro Borges, e o coordenador dos projetos, o tenente Vieira, vocês são anjos na vida dessas crianças. Parabéns ao Corpo de Bombeiros pelas lindas ações e que Deus abençoe”, disse a primeira-dama Virginia Mendes.

O projeto Bombeiros do Futuro foi criado em 2006 com a missão de oferecer atividades educativas, com ensinamento focado na base da organização militar: hierarquia e a disciplina, patriotismo e civismo, bem como sua prática no cotidiano das atividades. Na edição 2022, estão inscritas crianças e adolescentes das cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Poconé e Santo Antônio do Leverger. As aulas serão realizadas uma vez por semana, na unidade militar dos respectivos locais onde estão matriculados.

Representando a primeira-dama, a coordenadora da Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família, Julieta Domingues, entregou ao comandante-geral do CBMMT os instrumentos comprados com os recursos destinados aos programas.  O musicalizar foi fortalecido com 39 instrumentos de sopro, 37 flautas doce, 10 violões, 7 percussões, além de 38 estantes de partituras.

O comandante-geral, coronel Alessandro Borges, explicou que a primeira-dama do Estado esteve presente na corporação para conhecer os projetos sociais e que o desejo foi contribuir para o fortalecimento das ações.

“Antes do início da pandemia de Covid-19, a primeira-dama esteve no batalhão militar para conhecer os nossos projetos sociais. Ela ficou encantada com o projeto Musicalizar e se comprometeu em ajudar e viabilizou o recurso financeiro, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, para comprar os instrumentos. Com isso, vamos poder realizar o trabalho completo, dando oportunidade e visão de futuro para todas essas crianças, repassando os valores educacionais, transformando esses jovens, além de despertar o desejo da profissão de bombeiros”, declarou o comandante-geral.

A prefeita do município de Santo Antônio de Leverger (a 35 km de Cuiabá), Francieli Magalhães de Arruda, agradeceu pela realização dos projetos que vão oferecer conhecimento para as crianças.

“Este lindo projeto, realizado por essa força do Corpo de Bombeiros, amada pela sociedade, chega em boa hora, pois vai retirar e evitar que nossas crianças fiquem nas ruas. Essa importante causa ganha ainda mais força através das ações da nossa primeira-dama Virginia Mendes que acredita e investe nesses jovens que serão o futuro no nosso país, estamos felizes por tudo isso”, declarou a prefeita.

Apresentação musical

Durante a solenidade, dois alunos do projeto musicalizar, realizaram apresentação instrumental da música Aleluia. Além disso, Ana Luiza Cavalcante, 11 anos, que participa do projeto há dois anos, encantou a todos os presentes na plateia, com o clássico Mozart Vs Beethoven, tocado no teclado. Bastante satisfeita, ela disse que o seu desejo é “continuar na carreira da música, quero ser uma artista famosa, eu adoro este projeto que oferece todos os ensinamentos da música”.

Orgulhosa da apresentação, a mãe da menina, senhora Michele de Souza Cavalcante Vieira, disse que o projeto também despertou o desejo pela profissão de bombeira. “Ela tem esse gosto musical na veia, está amando essa oportunidade, também quer ser militar, é perfil dela, gosta de desafios. A gente torce por essa concretização do sonho, incentivo ela ao estudo para ser realidade”.

Além disso, a mãe da aluna também reconhece que o projeto apresenta bons resultados na vida do jovem que preenche o tempo da filha com ações significativas de aprendizado, evitando que a menina permaneça longos períodos no mundo virtual.

“Com este projeto ela não fica muito tempo no celular, porque vai para a escola, chega e vai ensaiar para poder entregar resultado, até porque isso é cobrado pelos monitores. Eu só tenho que agradecer ao Corpo de Bombeiros por este lindo projeto que está fazendo muita diferença na vida de todos”, afirmou a senhora Michele.

Os participantes serão instruídos com um base curricular que totalizam carga horária de 132 horas aulas, divididos em 14 disciplinas: História do bombeiro, Noções de salvamento terrestre e altura, salvamento aquático, primeiros socorros, prevenção e combate a incêndios, educação ambiental, Educação e saúde física, hinos e canções, ética, cidadania e boas maneiras, moral e civismo, Ordem unida, Prevenção e combate ao uso de drogas, Postos e graduações e outros.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

thumb_225845_400_300_0_0_crop

Geraldo Rufino mostra sua forma de encarar a vida a sorrisenses

03053221_276323425_

Após sair da UTI, radialista de MT luta para recuperar a fala

engasg

Sorriso: Bombeiros são acionados e salvam criança que sofreu engasgamento     

CONCURSO PC unnamed-20-1280x720

Justiça Federal suspende concurso da Polícia Civil

Captura-de-Tela-2022-05-19-às-20.30.41

Moradores registram geada em cidade de Mato Grosso onde fez 3 graus

whatsapp-image-2022-05-19-at-13.07.56

Caminhão pega fogo em acidente com outros dois veículos de carga em MT