(66) 3544-2595

Telefone

(66) 99634-6964

WHATSAPP

Qualidade da soja é afetada pelas chuvas em MT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Esta semana foi marcada por fortes chuvas que provocaram alguns dias de paralisação da colheita em algumas regiões produtoras de Mato Grosso. Entre os dias 1 e 2 de março, o volume de águas passou de 260 mm na região médio-norte do estado. Na última quinta-feira, o tempo ficou mais firme e algumas colheitadeiras voltaram a campo, mas a forte chuva provocou estragos no grão.

“Aproveitamos que o sol abriu e corremos com as máquinas. Vizinhos ajudaram e até contratei caminhão de fora. Até colhemos bastante soja, mas muitos grãos estão avariados. Estimo um dano de 20% na soja que foi colhida. A situação é crítica e calamitosa”, desabafa Silvano Filipetto, produtor e presidente do Sindicato Rural de Sorriso (MT).

De acordo com o presidente do sindicato, alguns talhões estão sendo deixados para trás para tentar salvar aqueles em melhores condições. Segundo informações do sindicato, apesar das chuvas, não houve registro de colheitadeiras atoladas na região, mas os caminhões ainda seguem prejudicados pelas condições precárias de deslocamento.

A condição do clima com mais chuvas levou a Prefeitura de Sorriso a decretar estado de alerta no município. Para os próximos dez dias, são esperados 97 mm de chuva para Sorriso, segundo informações da Somar Meteorologia. Ainda de acordo com a previsão do tempo, a janela de tempo seco maior para o Mato Grosso será registrada na segunda quinzena de março.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com