Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Ouça a melhor programação todos os dias. Sintonize 99,1 Sorriso FM - Do jeito que você gosta!

Economia


Quarentena obrigatória não diminui ritmo de infecção, mas aumenta número do desemprego em Mato Grosso – diz Fecomércio

O efeito Covid-19 na vida dos brasileiros forçou prefeitos e governadores de todo o país a tomarem decisões que afetam a economia. O reflexo disso pode ser visto no derretimento de vagas de trabalho, que, nos cinco meses de 2020, já acumulam um saldo de 1,14 milhões de empregos perdidos.   

Os mais afetados foram trabalhadores do setor do comércio (-446.584), de serviços (-442.580), seguidos da indústria geral (-236.410) e da construção (-44.647). Apenas a agricultura se manteve com saldo positivo no período (25.430). 

Nos municípios em Mato Grosso, as decisões tomadas pelos Poderes Executivo e Judiciário – como fechamento de lojas consideradas não essenciais – frearam a geração de emprego já no mês de março. De lá para cá, o estado já acumula um saldo de -1.978 postos de trabalho encerrados, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). 

Somente na capital, onde o prefeito decretou fechamento do comércio em abril, houve um saldo de -3.346 empregos perdidos. No mês seguinte, já com o afrouxamento das medidas no comércio, o saldo, apesar de ainda negativo, foi menor (-644). 

Com a decisão de fechar o comércio novamente, assim como em outras regiões do estado, observou-se um salto no número de casos da doença no estado, que já se aproxima de 32 mil, segundo os números disponibilizados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). 

Somente nos primeiros 15 dias do mês, houve aumento de 75,5% no número de casos, de 17.401 no dia 1º para 30.536 casos até o dia 15. A falta de preparado do estado para suportar o aumento de casos elevou a taxa de ocupação de leitos de UTIs, que já chegam a 93,1%. 

Estados do Centro-Oeste 

A região Centro-Oeste, também nos cinco primeiros meses do ano, já acumula um saldo negativo de -34.245 vagas de trabalho. Distrito Federal lidera no saldo de postos de trabalho que deixaram de existir (-23.684), seguido de Goiás (-7.268), Mato Grosso do Sul (-3.177) e, por último, Mato Grosso (-1.978). 

Somente no mês de abril, foi registrado o pior desempenho para todos os estados da região. Somente em Mato Grosso, houve, no período, 14.700 admissões contra 27.100 desligamentos, totalizando um saldo negativo de 12.400 empregos perdidos.  

Propaganda. Role para continuar lendo.

O presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, lamenta as decisões tomadas pelos gestores públicos e acrescenta que a falta de diálogo com as entidades de classe não favoreceu em nada a manutenção dos empregos no estado. “Muitas das decisões foram tomadas na hora errada e, inclusive, sem consultar os representantes sobre o que estávamos já fazendo para minimizar o contágio da doença. Tudo para preservar o maior número de empresas e, consequentemente, de empregos”. 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Meio Ambiente

Os 48 militares da Força Nacional enviados para Mato Grosso iniciaram nesta sexta-feira (25.09) as atividades de combate e controle dos incêndios na região...

Cultura

Com a redução na média móvel de casos confirmados de covid-19 no Estado, o governo publicou novas regras para regulamentar a prática de esportes...

Polícia

Uma plantação de maconha  foi descoberta, na sexta-feira (25.09), durante operação integrada da Polícia Civil, Polícia Militar e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer),...

Geral

Nove unidades penais receberam veículos furgões para transporte de reeducandos. A solenidade de entrega foi realizada na sexta-feira (25), na sede da Coordenadoria de...

Geral

Na madrugada deste sábado (26-09) um home foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros até o Hospital Regional de Sorriso após ser agredido na Rua...

Trânsito

A Semana Nacional de Trânsito tem como objetivo conscientizar sobre as regras e a importância dos cuidados durante o trânsito. Desta vez, o Departamento...

Curta a nossa página

+ Mais notícias

Política

O juiz da quarta Vara Civil de Sorriso, Valter Fabrício Simioni da Silva, atendendo a pedido do Ministério Público de Sorriso, determinou em decisão...

Economia

A Concessionária Rota do Oeste disponibiliza dez vagas de emprego, para três cargos, com atuação nos municípios de Rondonópolis, Cuiabá, Diamantino, Nobres, Nova Mutum,...

Trânsito

Diversas mudanças na lei de trânsito foram aprovadas pelo Congresso e seguiram para a sanção do presidente Jair Bolsonaro. Dentre as alterações estão a ampliação...

Economia

A partir de 01 de outubro, Sorriso voltará a receber operações da Azul. Os voos com o ATR 72-600, com capacidade para até 70...

Polícia

Um jovem e um idoso foram presos pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (23.09), durante ação para cumprimentos de mandados judiciais. Os crimes...

Meio Ambiente

O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (INDEA MT) alerta a população de Mato Grosso sobre pacotes de sementes não solicitados vindos da...

A Voz do Povo

O advogado, Evandro Vozniak fala sobre representação em desfavor de Adriana Tavares por ofensas à integrantes do PSDB. Confira a entrevista feita por Ivan...

A Voz do Povo

Projeto Colheita do Bem realizado pela empresa América Insumos Agrícolas entrega recursos para entidades filantrópicas de Sorriso. Foram distribuídos quase meio milhão de reais...

Propaganda