Recém-nascido morre após ser jogado em fogueira pela mãe e ter 95% do corpo queimado

Recém-nascido de três meses morreu após ser jogado pela mãe em uma fogueira na tarde desta sexta-feira (8), no bairro Tarumã, em Várzea Grande. De acordo com ocorrência da Polícia Militar, a mulher foi encontrada em uma região de mata em estado de choque e com queimaduras, já que teria tentado tirar a criança do fogo.

Testemunhas informaram que ouviram o choro do recém-nascido e conseguiram tirar a criança da fogueira. O Samu foi acionado e chegou a levar o bebê para o Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande, mas ele não resistiu.

A suspeita também precisou ser internada e permanece na unidade de saúde, não há informações atualizadas sobre o quadro de saúde. Em conversa com os policiais, a ex-sogra da mulher informou que ela sofre de transtornos psiquiátricos e a família mora no interior de Mato Grosso.

O Corpo de Bombeiros informou que o recém-nascido teve 95% do corpo queimado. Quando os bombeiros chegaram no local, a suspeita já havia sido contida. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Veja também

Rio Grande do Sul: 18 escolas públicas de Porto Alegre retomam aulas nesta segunda-feira (20)

Padre Augustinho Bona que morreu em Sorriso ontem, será sepultado no Paraná

Corpo de bombeiros captura cobra cascavel em empresa de Sorriso

Governador defende eficiência e que Brasil lidere setor da economia verde

Medida Provisória do Auxílio Reconstrução do Rio Grande do Sul entra em vigor

Ministro Alexandre de Moraes suspende por mais 90 dias processo sobre Ferrogrão no STF