Economia

Reduzir as horas trabalhadas, alternar dias de abate, diminuir turnos, oferecer férias coletivas estão entre medidas do Sindifrigo

Por: Sindifrigo Publicado em 17/03/2020

Em decorrência das incertezas do mercado e da diminuição drástica das vendas, se impõem medidas urgentes por parte da indústria frigorífica de MT.


Não há uma fórmula mágica ou matemática para uma realidade ainda desconhecida. Cabe a cada empresa, dentro de suas condições, encontrar a fórmula para adaptar-se às novas contingências do mercado.


Reduzir as horas trabalhadas, alternar dias de abate, diminuir turnos, oferecer férias coletivas ou qualquer outra medida deverá ser buscada.
O momento requer atenção dobrada com as necessidades de manter a saúde financeira das empresas, ter responsabilidade social com nossos funcionários e manter os empregos, preservando ao máximo o preço de nosso produto final com o melhor preço possível de nossa matéria-prima, além de uma preocupação com o abastecimento à população. Contamos com entendimento e com a parceria de produtores para encontrarmos a melhor saída. Precisamos preservar os valores justos e dignos de nossos produtos.


Estaremos abertos ao diálogo, atentos aos movimentos do mercado e nos adaptando a ele, tomando as medidas necessárias para cruzarmos este delicado momento.


Acreditamos com certeza que, em pouco tempo, retornaremos nossas atividades à normalidade.

Paulo Bellincanta – Presidente do Sindifrigo

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?