Geral

Rota do Oeste realiza atividades de manutenção com foco no norte da BR-163

Por: Assessoria Publicado em 24/06/2020
SAMSUNG CSC

A BR-163/364 tem programação de obras com foco na recuperação do pavimento, objetivando melhoria na trafegabilidade. As atividades também compreendem a manutenção da rodovia, drenagem e sinalização e acontecem durante esta semana, até sexta- feira (26). O cronograma atende todo trecho sob concessão da Rota do Oeste que vai de Itiquira (km 0) à Sinop (km 850,5).

As obras serão realizadas durante o dia (das 7h às 17h) e durante a noite (das 19h às 4h). O cronograma prevê o menor impacto à rotina do usuário, garantindo conforto, segurança e melhores condições de tráfego.

A recuperação do pavimento terá maior concentração no norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop (do km 511 ao km 533; km 594 ao km 690; e km 769 ao km 839). No sul do estado, as equipes atuarão entre Itiquira e Rondonópolis (do km 0 da BR-163 ao km 202 da BR-364).

Na BR-364, região central de Mato Grosso, as atividades irão acontecer em Jangada, Rosário Oeste e Nobres (do km 492 ao km 494; e do km 513 ao km 588).

Também estão na programação as atividades de revitalização da sinalização (horizontal e vertical) e a manutenção do sistema de drenagem e limpeza da rodovia, com roçada manual e mecanizada. As equipes estarão empenhadas durante a semana nos trechos entre Diamantino e Nova Mutum (do km 507 ao km 601) e entre Sorriso e Sinop (do km 691 ao km 855).  No sul do estado, as atividades ficam concentradas em Itiquira e Rondonópolis (do km 0 ao km 120).

Os serviços acontecem também de Várzea Grande à Nobres (BR-070 – km 514; BR-364 – km 458 ao km; do km 513 ao km 541; do km 566 ao km 588).

O usuário pode ter acesso a informações atualizadas pelos boletins de trânsito, publicados no site da Rota do Oeste, ou pelo Twitter (@Rotadooeste). Pode ainda, ligar no 0800 065 0163, para obter informações em tempo real. A ligação é gratuita e o canal funciona 24h por dia, 7 dias por semana.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?