Saúde

Saúde: 2ª etapa da vacinação de idosos começa amanhã

Por: Agência Brasil Publicado em 15/04/2020
Movimentação de idosos no posto da 612 Sul para Vacinação contra Influenza

O Ministério da Saúde informou que até segunda-feira, 13, mais de 18,9 milhões de idosos, que corresponde a 90,66%, foram vacinados contra a gripe, o que representa a superação da meta de 90% de cobertura em todo o Brasil.

Ainda na primeira etapa foram vacinados 3,8 milhões ou 75,5% da meta dos trabalhadores da saúde. Já amanhã, quinta, 16, será iniciada a segunda etapa de vacinação. O governo antecipou a vacinação dos povos indígenas que seriam contemplados somente na terceira etapa com início previsto para 9 de maio.

Segundo o Ministério da Saúde, a alteração foi realizada devido à necessidade de vulnerabilidade que pode gerar adoecimentos e complicações provocadas pela gripe justamente a essa população. Do mesmo modo, os motoristas e cobradores de transporte coletivo que são aproximadamente 700 mil profissionais em todo o país também devem ser vacinados a partir de amanhã, assim como os caminhoneiros e trabalhadores portuários.

Os profissionais poderão vacinar em qualquer serviço público que realiza a campanha mesmo que seja em um município ou cidade diferente da sua residência, pois não existe nenhuma restrição. Os públicos que serão atendidos nesta fase devem apresentar um documento de identificação como, por exemplo, a Carteira de Trabalho, RG, ou a CNH.

Outros que também podem vacinar na segunda etapa são os doentes crônicos, profissionais de segurança e salvamento, população carcerária, funcionários do sistema prisional e adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos que se encontram em unidades socioeducativas.

Já para a terceira etapa (9 de maio) o público a ser contemplado será dos profissionais da Educação.

A campanha de vacinação teve início em 23 de março e antecipou a vacinação dos idosos como medida de enfrentamento ao Covid-19, mesmo que a vacina não tenha eficácia contra essa doença.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?