Secretaria de Saúde prorroga vacinação contra Influenza até 30 de junho

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) prorrogou a campanha de vacinação contra a Influenza em Mato Grosso até o dia 30 de junho. A medida leva em consideração o cenário atual de cobertura vacinal no Estado, que é de 41% dos públicos prioritários para a imunização.

Conforme documento emitido aos 141 municípios, a orientação é para que as gestões municipais atendam às normativas do Plano Nacional de Imunização (PNI), que ampliou a oferta da vacina contra a Influenza para toda a população não vacinada a partir de 6 meses de idade.

O documento ainda reforça a importância da vacinação dos públicos prioritários para a campanha: gestantes, idosos, puérperas, trabalhadores da saúde, professores e crianças de seis meses a menores de quatro anos.

“Essa prorrogação deve ir até quando os municípios tiverem doses disponíveis. A tendência é acabar antes do dia 30 de junho. O Estado já distribuiu mais de 1 milhão de vacinas e deve receber uma última remessa com 162 mil doses. Conclamamos a população para a vacinação”, diz a superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Alessandra Moraes.

A gestora informa que a estimativa é vacinar 1.286.184 pessoas em Mato Grosso. “Nossa meta é vacinar pelo menos 90% da população prioritária. É imprescindível o apoio dos municípios no alcance do público alvo”, ressalta a gestora.

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório e é de alta transmissibilidade. A estratégia de vacinação contra a influenza foi incorporada pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) em 1999, com o propósito de reduzir internações, complicações e óbitos na população-alvo.

Veja também

Programa “A Voz do Povo” recebe Dra. Juliana Siqueira para falar sobre a campanha Fevereiro Roxo e o Alzheimer

SAMU de Sorriso recebe avaliação positiva do representante do Ministério da Saúde durante visita técnica

Organização Mundial de Saúde alerta para aumento de casos de sarampo no mundo

Secretaria de Saúde promove capacitação para Sistema CNES nesta quinta-feira (22)

Escândalo na administração ortopédica de hospitais públicos revela práticas suspeitas e fraudes em contratos

Sorriso: ação de saúde realizada no Bairro Mário Raiter é avaliada positivamente