Secretaria realiza ação no Mário Raiter para imunizar crianças de 6 a 11 anos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Mora no Mário Raiter e vai ter uma folguinha amanhã (29) de manhã? Que bom. Porque a Secretaria de Saúde vai realizar uma ação específica para o bairro Mário Raiter para imunizar crianças de 6 a 11 anos de idade. Isso mesmo. Das 7h30 às 11h30 a Unidade de Saúde do bairro estará aberta para imunizar as crianças por livre demanda, sem necessidade de agendamento. Só precisa levar o CPF, cartão do SUS e cartão de vacinação do seu pequeno.

E, lembre-se, os cuidados pós-vacina são os mesmos que você já teve quando foi imunizado: caso haja uma reação é só procurar uma unidade de saúde.

Para os pais apreensivos, o gestor da pasta de Saúde pontua ainda que há algumas peculiaridades no imunizante. “Primeiro: foi desenvolvido exclusivamente para o público infantil; além disso a dose aplicada é menor, de 0,2 ml (em adultos é de 0,3 ml) e a concentração da medicação equivale à 30% do imunizante adulto”, explica.

Outros pontos

Vale lembrar que para amanhã (29) ainda há vagas disponíveis para a imunização dos pequenos por agendamento tanto no AME como nos PSFs Nova Integração, a Upinha da Região Leste; Jardim Primavera e São Domingos. É só clicar aqui.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

thumb__600_0_0_0_auto (1)

Prefeitura de Sorriso confirma mais uma vítima da covid-19

thumb__600_0_0_0_auto - 2022-01-31T070715.398

Sorriso: morador do Rota do Sol é mais uma vítima da covid-19

thumb__600_0_0_0_auto (59)

Sorriso dará início nesta terça à imunização infantil contra a covid-19

acervo-sp1-limpo-20220114-1130-frame-62934

Menino indígena de 8 anos é a primeira criança a receber dose de vacina infantil contra Covid-19

thumb__600_0_0_0_auto - 2021-12-10T154226.438

Prefeitura confirma mais uma vítima da covid-19

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante o lançamento da campanha Mega Vacinação.

Covid-19: ministério reduz intervalo de reforço e amplia público