Saúde

Secretaria realiza vacinação domiciliar de idosos acima de 80 anos

Por: Decom Prefeitura de Sorriso Publicado em 16/02/2021

A vacinação domiciliar está sendo realizada no Jonas Pinheiro e distritos de Boa Esperança e Primavera

Desde o início da imunização contra a Covid-19 em Sorriso (21 de janeiro), 1.736 pessoas foram vacinadas. Desse total, 1.535 são profissionais da área da saúde e 201 são idosos com idade superior a 80 anos. Há ainda 30 doses no estoque que devem ser aplicadas até amanhã (17). Após o mutirão realizado no sábado (14) em que foram vacinados 161 idosos, hoje (16) a equipe segue com as imunizações domiciliares. Nesta manhã, as equipes estão concentradas no Assentamento Jonas Pinheiro e nos distritos de Boa Esperança e Primavera. No Jonas Pinheiro, 10 idosos receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Mesmo número (10), de idosos imunizados em Primavera; já no Distrito de Boa Esperança foram 20 imunizados.

Independente do local, o sentimento de todos é o mesmo: alívio. Outra sensação comum, visível no olhar de quem recebe a imunização e também no dos familiares, é a esperança. Quem conta é a responsável pelo departamento de Imunização, Kátia Dal Prá. “Você percebe a emoção de quem é vacinado e também dos familiares. A vacina é a esperança de que com o tempo as coisas poderão voltar ao normal”, relata.

E do lado de quem está recebendo a “picadinha de esperança” o sentimento é de gratidão. Foi com essa emoção que Luciana Estruzani foi às redes sociais hoje para agradecer o carinho e atenção da equipe do PSF Jonas Pinheiro, responsável por imunizar em casa a vovó Shigneko Okada.

Para o gestor da pasta, Luís Fábio Marchioro, saber que as pessoas estão sendo vacinadas é gratificante. O secretário lembra que o município está realizando o pré-cadastro online para a vacinação de idosos e de profissionais da saúde. Desde que entrou no ar, em 09 de fevereiro, o sistema já registrou 4.730 solicitações. Destas, 759 são de profissionais da saúde e 3.971 de idosos.

Ao falar do pré-cadastro, Marchioro pontua que todas as solicitações estão sendo analisadas pela equipe técnica, pois inserir o nome no cadastro online não equivale a agendamento ou garantia para a imunização. “Não se trata de agendamento. Esse pré-cadastro tem como objetivo organizar as filas e prioridades na distribuição das vacinas que estão sendo fornecidas pelo Ministério da Saúde e seguirá o cronograma de entrega de doses. Nós iniciamos a imunização no dia 9, seguindo os registros do cadastro e atendendo por prioridades”, diz.

A priorização de que fala o secretário é por idade, dessa forma, estão sendo vacinados antes os idosos na faixa etária de 90 anos, depois 80, 70 até os 60 anos. Essa ordem sequencial também é seguida para imunizar os profissionais da saúde.

O pré-cadastro deve ser feito pelo site da Prefeitura, o https://site.sorriso.mt.gov.br/. Para quem não tem acesso à internet, Marchioro recomenda que procure a Unidade de Saúde da Família mais próxima de sua residência ou a Agente Comunitária de Saúde (ACS) responsável pela sua área. “Nossas ACSs iniciaram ontem (15) a busca ativa pelos idosos que não tem internet. A ideia é fazer um pente fino e incluir todas as pessoas acima dos 60 anos no cadastro”, explica. Outra opção ainda é ligar no 150 . “No caso de idosos o cadastro pode ser feito pelo 150; profissionais de saúde não há como porque há necessidade de comprovar o vínculo empregatício”, pontua o secretário. Qualquer dúvida em relação ao cadastro também pode ser esclarecida pelo 150.

 Marchioro salienta ainda que a Câmara de Vereadores também se colocou à disposição para a realização do pré-cadastro online. Assim, quem não tem acesso à internet pode procurar a Câmara de Vereadores na Avenida Porto Alegre ou então a Sala do Cidadão no São Domingos. Conforme o secretário, assim que novas doses sejam enviadas pelo Ministério da Saúde, o pré-cadastro será aberto para outros grupos, sempre seguindo a ordem de prioridades estipulada pelo Governo Federal.

Enquete. Participe!

O que você pensa sobre o fato de cada secretaria da Administração Municipal contar com um subsecretário?