Seduc inicia seleção de estudantes da rede estadual para a 2ª edição de intercâmbio na Inglaterra

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) iniciou a seleção de estudantes para a segunda edição do programa MT no Mundo, que irá levar 100 estudantes da rede estadual de ensino à Inglaterra neste ano. O resultado preliminar dos selecionados será divulgado até 27 de fevereiro.

Serão escolhidos 50 estudantes com a melhor média na avaliação de saída de 2023 e outros 50 estudantes com o melhor desempenho na Plataforma Mais Inglês, apresentando, no mínimo, quatro certificados de níveis diferentes entre os 16 disponíveis no sistema. A média dos certificados mais avançados será considerada para a classificação.

Dentre os requisitos, o estudante também deve ter frequência mínima escolar de 85%; estar regularmente matriculado no Ensino Médio em 2024; 14 anos completos no momento do embarque e não ter recebido nenhuma sanção de conduta disciplinar durante o ano letivo de 2023.

O programa de intercâmbio já recebeu investimentos de R$ 10,7 milhões. Essa é uma das ações que visam a consolidação da Política Educacional de Línguas Estrangeiras, uma das 30 políticas que compõem o Plano Educação 10 Anos e buscam colocar a rede estadual de ensino entre as cinco mais bem avaliadas no país até 2032.

Assim como em 2023, neste ano o intercâmbio terá duração de três semanas e, durante a estadia, cada um receberá ajuda de custo semanal no valor de 250 libras esterlinas. Além disso, o Estado vai custear toda a documentação necessária para a viagem, as passagens aéreas e a hospedagem.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Alan Porto, o programa visa elevar e aprimorar a formação acadêmica e profissional dos estudantes selecionados. Segundo ele, a vivência em um país estrangeiro, com o estudo de idiomas e a imersão em diferentes contextos culturais, contribuirá para o desenvolvimento da proficiência linguística e das habilidades interculturais dos participantes.

Os estudantes terão a oportunidade de participar de um curso de inglês com 30 aulas semanais de 40 minutos cada, de acordo com o nível de proficiência linguística. Essa experiência proporcionará aos participantes um aprimoramento significativo no domínio do idioma, além de ampliar as oportunidades de integração em um mercado de trabalho global.

As escolas que receberão os estudantes na Inglaterra estão preparadas para oferecer estrutura adequada de acolhimento e de estudo. “Cada sala comportará no máximo 15 estudantes. Além disso, as instituições contam com uma equipe responsável pela acomodação, oferecendo áreas de descanso e espaços destinados à alimentação e refeições”, concluiu Alan.

Em 2023, os estudantes passaram 21 dias na Inglaterra, em grupos divididos nas cidades de Brighton, Bournemouth, Oxford, Worthing, Eastbourne e Cambridge.

Veja também

Governo de Mato Grosso divulga escolas vencedoras do prêmio Alfabetiza MT 2023; Sorriso na lista

Prorrogado: Seduc orienta estudantes sobre prazo para inscrições no Enem 2024 até sexta-feira (14)

Mães de estudantes criam associação em Sorriso pedindo providências em casos de negligência nas escolas

Mães de Sorriso enviam Carta Aberta às autoridades pedindo providências contra abusos em escolas

Inscrições para o Enem 2024 encerram nesta sexta-feira (07)

MT tem 3º melhor avanço entre Estados que mais alfabetizaram crianças na idade certa e chega ao 11º lugar