Senar e Sindicato Rural: reeducandos do CRS concluem curso de fabricação de bonecas de pano

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Quinze reeducandos do Centro de Ressocialização de Sorriso (a 397 km de Cuiabá) concluíram a oficina de fabricação de bonecas de pano, realizada em parceria com o Sindicato Rural de Sorriso, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar MT) e do Conselho da Comunidade do município.

O diretor do Centro de Ressocialização, Enilson de Castro Souza, destaca a importância dos cursos de qualificação no processo de ressocialização. “Tem muita melhora tanto na perspectiva de vida dos reeducandos, para profissão, como melhora o bem-estar e o convívio de cada um na unidade. Com um curso que o qualifica em alguma atividade, o reeducando tem mais chances de conseguir um emprego remunerado quando sair da unidade prisional, o que possibilita sua reinserção ao meio social”.

Segundo Castro, além do curso de fabricação de bonecas, já foram ofertados em parceria com o Senar, cursos de reaproveitamento de madeira, revestimento em cerâmica, bem como operação de máquinas pesadas como tratores e colheitadeiras.

“O Senar é responsável pela capacitação dos nossos recuperandos, por meio dos seus instrutores e o conselho da comunidade contribui na doação e arrecadação de produtos e materiais para fabricação das peças que estão sendo ministradas na unidade penal”, ressaltou.

O diretor da unidade ainda pontuou que para participar dos projetos, os alunos passam por uma seleção da unidade que leva em consideração o bom comportamento do indivíduo no CRS. Além disso, o Centro de Ressocialização conta com a Ala Renascer, que são alojamentos equipados para ministração das oficinas e aulas aos recuperandos selecionados.

“Nesse espaço, temos três salas de aula e diurnamente usamos para esses cursos. Nosso principal objetivo para este ano é de trazer a participação do pessoal da carceragem para que eles também possam conhecer todas as atividades ministradas no CRS”.

A instrutora do Senar, Girlayne Ota, apontou que o curso pode representar uma alternativa de renda aos reeducandos quando deixarem a unidade. “O artesanato além da renda pode ajudar no fortalecimento do relacionamento social e integração comunitária por meio da oferta de mão de obra capacitada e treinada”, disse.

“Mesmo com várias opções industrializadas de produtos, a confecção de bonecas de pano é uma alternativa interessante e única para presentear. O Sindicato está sempre à disposição”, ressalta o gerente do Sindicato Rural, Farid Tenório.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

pracadepedagio

Concessionária que administra BR-163 arrecadou R$ 2,9 bilhões em pedágio; apenas 26,5% da obra de duplicação em MT foi executada

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apresenta realizações e investimentos. Entre eles, a aeronave Koala, um helicóptero de última geração para atuação no combate ao crime e resgates

PRF registra apreensão recorde de cocaína em 2021

thumb__1280_0_0_0_auto - 2022-05-18T150258.984

Prefeitura realiza abordagem social e entrega cobertores à população em situação de rua

acidente-onibus-carreta-BR-163-Sinop-Sorriso-maio-2022-SN-Lucas-990x556

Mortos em acidente com ônibus serão sepultados em Sinop, Mutum, Cuiabá, Água Boa, Pontes e Lacerda

LUTO site

Politec lamenta falecimento de papiloscopista em acidente com ônibus na BR-163

mpsorriso

Prejuízo de 8 milhões: secretários são denunciados em ação do MPE por suposta fraude contra a Prefeitura de Sorriso