Servidores do Tribunal de Justiça farão paralisação no dia 15 por melhor salário e jornada

Os servidores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso devem fazer uma paralisação de, pelo menos, um dia no próximo dia 15. A informação é do site Mídia Jur.

O movimento é por melhorias salariais e de condições de trabalho e jornada.

Segundo o portal, a manifestação é em protesto ao aumento de 100% no auxílio-saúde pago a juízes e desembargadores. Eles pedem que o auxílio-saúde esteja “pareado”, entre servidores e magistrados.

“Há mais de 20 anos, estamos sempre lutando para melhorar a tabela salarial. Nunca tem dinheiro… E como apareceu dinheiro tao rápido para dar o benefício aos magistrados?”, questionou Rodrigues ao Mídia Jur.

A paralisação é apoiada pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso (Sinjusmat), depois que servidores iniciaram um movimento de maneira autônoma, no começo do mês. Embora o sindicato que representa a categoria esteja apoiando a manifestação, seu presidente, Rosenwal Rodrigues, disse ao Mídia Jur que a paralisação foi uma iniciativa autônoma de servidores de algumas comarcas.

Para o sindicato, não há produtividade de juízes e desembargadores sem os servidores.

Os servidores reclamam que os magistrados têm recebido diversos benefícios, enquanto categorias como a dos técnicos seguem com baixos salários e verbas.

Uma tabela elaborada por um sindicato de Minas Gerais e divulgada entre os servidores mostra que o Judiciário de Mato Grosso tem o 25º pior salário para nível médio, e o 22º para nível superior.

Haveria também abusos com relação ao teletrabalho, instituído com horas adicionais e metas inatingíveis, e problemas no Sistema de Desenvolvimento de Carreiras e Remuneração (SDCR), que precisaria ser rediscutido.

Depois da paralisação, a categoria deverá fazer uma assembleia-geral e, a depender da negociação com a administração do Tribunal de Justiça, poderá ser deflagrada a greve geral dos servidores.

 

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

e58dfbf8a4455fcd0eb620e8c7496034

Justiça Federal suspende concurso da Polícia Civil de MT

28d22ea8debbc6b199988d13574fc667

STF autoriza licença paternidade de 180 dias para servidores públicos

627b2343c2646efd56

Justiça publica lista de credores de transportadora de Sorriso que deve R$ 37,7 mi

5e340771c3d5915014a6302055439ce1

TCE-MT e AMM debatem criação de sistema de planejamento e contabilidade e avançam na implantação do GPE

cidadaos com voz e vez

Conheça o projeto Cidadãos com Voz e Vez desenvolvido em Sorriso (vídeo)

phpThumb (19)

Fórum de Nova Ubiratã abre processo seletivo credenciar fisioterapeuta e psicologia