Polícia

Sesp prevê captação de R$ 770 milhões em projetos para investimentos na área

Por: SESP-MT Publicado em 03/02/2020

Por meio do Escritório Diretivo de Projetos, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) tem um banco de projetos orçados em R$ 770 milhões para a reestruturação da própria secretaria e as forças policiais, adequação de espaços nas unidades penitenciárias, atendimentos aos adolescentes em conflito com a lei, qualificação das ações de inteligência da Polícia Militar, melhoria dos atendimentos do Corpo de Bombeiros, dentre outros projetos.

O Comitê de Gestão de Projetos (que reúne todos os diretores das unidades) priorizou o portfólio de projetos por intermédio de critérios estratégicos pré-definidos. Do valor total a ser buscado de R$ 770 milhões, já foram cadastrados em possíveis fontes o montante de R$ 187 milhões.

Já estão aprovados R$ 82 milhões deste montante cadastrado, que já começam a ser executados no primeiro semestre de 2020.

Segundo a analista do Escritório de Projetos da Sesp, Florinda Lafaete, a captação de recursos externos é importante não só para a execução de projetos, mas também para motivação dos servidores em buscar soluções hoje limitadas pela restrição orçamentária no montante disponibilizado na Lei Orçamentária Anual (LOA), na qual 90% estão comprometidas com as despesas de folha e manutenção administrativa. “Precisamos de alternativas de recursos para potencializar nossa capacidade operacional e melhoria no atendimento tanto físico quanto tecnológico”, explica. 

“Com a limitação orçamentária, muitas vezes o Estado tem policial, mas não tem arma; tem delegado, mas não tem delegacia. Outras vezes o servidor não tem mesa adequada, computadores com mais tecnologia para desenvolver o trabalho. A busca por outras fontes de financiamento da segurança pública é fundamental para melhoria da pasta”.

Neste ano, o Escritório de Projetos também vai buscar parcerias com os Conselhos da Comunidade, os Conselhos de Segurança Pública, além de organizações sociais e não governamentais para buscar recursos para prevenção em segurança pública.

(Com supervisão de Débora Siqueira)

Enquete. Participe!

Em sua opinião, quais secretários do governo Ari Lafin devem continuar na próxima gestão?
(É possível votar em mais de um)