(66) 3544-2595

Telefone

(66) 99634-6964

WHATSAPP

Sesp registra morte de quinto recuperando por Covid-19 em MT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) confirma e lamenta o primeiro falecimento de reeducando na Penitenciária Major PM Eldo Sá Corrêa (Mata Grande), em Rondonópolis (215 km ao Sul de Cuiabá), em função da Covid-19. Ele morreu na madrugada desta segunda-feira (07.06), após 12 dias internado em uma unidade de saúde. O homem, de 50 anos de idade, tinha comorbidade (obesidade) e trabalhava no ateliê da unidade penal.

Este é o quinto caso de morte de preso em decorrência da doença desde março de 2020, quando foi registrado o primeiro caso de coronavírus em Mato Grosso. O vírus levou a morte de dois presos na Cadeia Pública de Alta Floresta, um na Penitenciária de Ferrugem (Sinop), um na Penitenciária Central do Estado (PCE) e este caso na Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis.

Atualmente, no universo de 11.350 presos, 78 estão com Covid-19 em 13 das 48 unidades penais de Mato Grosso, o que representa 27% do total. A Penitenciária da Mata Grande é a que tem o maior número de casos positivos, 34 ao todo. Treze presos que estavam com Covid-19 na semana passada já se curaram da doença. Na semana passada, havia 47 reeducandos em Rondonópolis isolados com o vírus.

Foram confirmados 2.913 casos de Covid-19 entre os recuperandos de Mato Grosso desde março de 2020 até nesta terça-feira (08.06), e dentre este universo, 2.830 foram curados, 78 estão ativos e 5 morreram. Há 19 casos suspeitos e 8.628 testaram negativo para a doença.

A Administração Penitenciária divulga diariamente o Boletim sobre Coronavírus e os dados são atualizados todos os dias no fim da tarde.

Mata Grande

A Sesp-MT ressalta que desde o início da pandemia, em março de 2020, as medidas de prevenção ao vírus foram implementadas nas unidades penais, o que resultou em apenas este caso grave até o momento na Mata Grande.

A administração da unidade penal também realiza a desinfecção das alas com álcool 70% e água sanitária, e entrega kits de máscaras aos reeducandos semanalmente. A unidade recebeu ainda dos familiares dos recuperandos 1.600 frascos de vitaminas C, D e Zinco para aumentar a imunidade dos privados de liberdade.

A Secretaria reforça ainda que todas as pessoas que entram nas unidades penais de Mato Grosso passam por triagem e quarentena, ao longo da qual fazem testes de Covid-19.

Os recuperandos da Mata Grande acima de 60 anos de idade já receberam a primeira dose da vacina, assim como aqueles acima de 18 anos com comorbidade. Cerca de 150 doses são aplicadas por dia e a intenção é finalizar a primeira dose em todos os reeducandos até o final de semana.

A Secretaria reforça ainda que todas as pessoas que entram nas unidades penais de Mato Grosso passam por triagem e quarentena, ao longo da qual fazem testes de Covid-19.

Os recuperandos da Mata Grande acima de 60 anos de idade já receberam a primeira dose da vacina, assim como aqueles acima de 18 anos com comorbidade. Cerca de 150 doses são aplicadas por dia e a intenção é finalizar a primeira dose em todos os reeducandos até o final de semana.