(66) 3544-2595

Telefone

(66) 99634-6964

WHATSAPP

Sinop, Sorriso, Lucas, Mutum e mais 14 da Regional receberão 11,5 mil doses da AstraZeneca contra Covid

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Cláudia, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Itáuba, Marcelândia, Nova Santa Helena, Nova Ubiratã, Santa Carmen, Santa Rita do Trivelato, Trapurah, União do Sul e Vera que fazem parte da regional Teles Pire receberão mais 11.580 doses de vacinas AstraZeneca e da Pfizer. A definição foi divulgada, há pouco, pela Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso

Sinop lidera o número de doses com 4.050. Sorriso receberá 2.450 doses, seguido de Lucas do Rio Verde (1.110), Nova Mutum (835), Marcelândia (430), Cláudia (395), Feliz Natal (370), Vera (350), Nova Ubiratã (290), Tapurah (260),  Itanhangá (220), Itáuba (145), Santa Rita do Trivelato (120), União do Sul (140), Santa Carmem (126),  Ipiranga do Norte (146) e Nova Santa Helena (135).

Para a vacina AstraZeneca, o prazo de aplicação da segunda dose é de até 90 dias. O detalhamento das vacinas por público-alvo pode ser acessado no documento em anexo

A pactuação estabelece ainda que os imunizantes ficarão armazenados na Rede de Frio Estadual e entregues em data mais próxima do prazo para a segunda aplicação. A medida leva em consideração ofício do Ministério da Saúde, que trata da guarda das segundas doses da vacina AstraZeneca, considerando o alto número de pessoas já imunizadas com a primeira dose do imunizante e a possiblidade de os municípios utilizarem os quantitativos de forma equivocada.

O documento pactua ainda o armazenamento de 20 doses da AstraZeneca na Rede de Frio Estadual, como novo estoque estratégico para reposição de eventuais perdas técnicas.  Caso os municípios alcancem a completa vacinação dos públicos-alvo estabelecidos para a imunização, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos elencados pelo Ministério da Saúde.

Após a distribuição dos imunizantes aos municípios, as vacinas deverão ser armazenadas conforme as condições estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária  e com o apoio da segurança pública.

A aplicação das doses deve ser obrigatoriamente registrada pelos municípios no Sistema Nacional do Programa de Imunização, do Ministério da Saúde. Até o momento, Mato Grosso já recebeu 1.684.920 doses de imunizantes contra a Covid.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com