Sorriso 36 anos: em entrevista à Voz do Povo pioneiros destacam o crescimento do município

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Os pioneiros Antônio Dalsóquio – empresário e Darcy Getulio Ferrarin – produtor rural, estiveram na bancada do programa A Voz do Povo nesta quinta-feira (12-05).

Relembrando alegrias e tristezas, lutas e vitórias, os dois ressaltaram o crescimento do município. “Primeiro quero parabenizar nossa querida e gigantesca cidade. Quero cumprimentar todos que deram sua parcela de contribuição como prefeitos, como vereadores, polícias, enfim, todas as autoridades contribuíram muito para que Sorriso seja hoje reconhecida como a Capital Nacional do Agronegócio. Isso é um trabalho de todos. E em especial a sociedade como um todo colaborou para este crescimento. Estou muito feliz por estar aqui hoje e comentar o que poderia ter sido feito, ou que pode ainda ser feito”, disse Darcy Ferrarin.

Ele ressaltou a importância de se ampliar o olhar em relação a formação e qualificação da mão de obra. “Está faltando qualificação. Temos que buscar operadores de máquinas no Sul do país porque aqui não tem. Eletricistas, pedreiros, carpinteiros, encanadores, tantos serviços que precisamos nas fazendas, temos que buscar lá fora, porque aqui não encontramos. Me pergunto se não está na hora de fazer um colégio grande e ensinar estas pessoas a trabalharem. Pessoas vem ao nosso RH e dizem que ‘mexem com tudo’. Isso já era. Hoje é preciso ser profissional, especializado em alguma coisa, porque serviço tem. Faltou fazerem um pouco mais de investimentos nesta área”, disse Darcy Ferrarin, que também é fundador e presidente do CAT – Clube dos Amigos da Terra.

O empresário Antônio Dalsóquio concordou que é gritante a dificuldade em conseguir mão de obra qualificada. “Eu, felizmente, tenho funcionários com mais de 20, 30 anos. Tenho muito funcionários antigos, mas é difícil, porque falta qualificação. Acredito que teria que haver interesse também de quem não tem a qualificação, porque oportunidade tem. Mesmo quem quer aprender, as empresas ensinam”, disse.

Toninho, como é carinhosamente conhecido, relembrou com emoção o que era Sorriso em seus primeiros anos, destacando contribuições valiosas para a construção da cidade. “Quando a gente chegou aqui Sorriso era uma vila, em 1980. Dos primeiros passos que demos aqui para o que vemos hoje, é muito lindo. Sorriso é um exemplo para muitas pessoas. Temos que preservar nossa história. Deve ser inaugurado este ano a casa dos Pioneiros. Muitos parceiros que se foram, acredito que terão a chance de estar presentes na preservação desta história. E quem tiver registros fotográficos desta história, que contribua também. Eu quero que a história de Sorriso preservada. Queria a história viva de Sorriso como vi em Caxias do Sul, onde fazem em toda Festa da Uva”, disse.

O Pioneiro lamentou que tenha sido destruída a primeira igreja da cidade para a construção de uma nova. “Tenho um sentimento grande pela destruição da Igreja. Não sou contra uma Igreja Nova, mas quando se vai a outros centros, a primeira igreja está lá. A nossa história estava lá dentro. Eu sinto muito”.

Um dos pontos de convergência nas falas foi o da necessidade de efetivar com urgência a implantação do Parque Tecnológico em Sorriso.  “Eu como presidente do CAT, lá atrás, fui um dos que mais falou e reuni pessoas para falar, para que se faça imediatamente este parque tecnológico. Houve um movimento: adquiriram uma área e pensei, agora vai. Infelizmente ficou por aí. Vamos em outras cidades e por menor que seja a cidade, tem parque tecnológico funcionando. O projeto que fizemos é muito grande. Tinha tudo que era necessário. Iam ser instaladas até faculdades, colégios, produtores e empresários de qualquer atividade teria lá alguém para orientar suas equipes. O crescimento vem por ali. Precisamos de gente que queira e sabe trabalhar, aí ninguém segura Sorriso”, disse Darcy Ferrarin.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Vídeo da notícia

Veja também

mpsorriso

Prejuízo de 8 milhões: secretários são denunciados em ação do MPE por fraude contra a Prefeitura de Sorriso

f8877b22aca9851b60bc7ef2217f1221

Sintep-MT lamenta morte de professora da rede estadual e de seu filho; estavam entre as vítimas do acidente entre ônibus e carreta na BR 163

WhatsApp Image 2022-05-17 at 16.25.02

Sindicato dos peritos criminais busca na AL derrubada de veto sobre alterações na Politec

mae-e-filha-1

Jovem dá à luz em casa sem saber que estava grávida e não consegue registrar o bebê

thumb__600_0_0_0_auto - 2022-05-17T154001.272

Prefeitura promove capacitação para enfrentamento ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil

thumb__600_0_0_0_auto

Prefeitura lamenta grave acidente registrado a BR-163