Trânsito

Sorriso: condutores são flagrados estacionados em vagas de transporte escolar; infração é considerada grave com multa e perda de 5 pontos

Por: Tãmara Figueiredo com informações de Heverton Luiz Publicado em 18/02/2020

Alguns motoristas aproveitam-se do número reduzido de agentes de trânsito para incorrerem em infrações como estacionar em locais proibidos. Veículos foram flagrados em Sorriso estacionados em vagas destinadas a estacionamento exclusivo de transporte escolar, prejudicando os alunos que precisam embarcar e desembarcar no local.

Nossa reportagem recebeu as imagens de alguns condutores que insistem em estacionar carros e motos em vagas destinadas aos ônibus e vans que fazem o transporte escolar.  As infrações estão sendo registradas em frente a diversas escolas do município.

O departamento de Trânsito informou que os condutores estão sendo autuados e multados. Os locais de ocorrência das infrações, são devidamente sinalizados. Os ônibus muitas vezes precisam estacionar fora dos pontos porque veículos encontram-se estacionados irregularmente.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), quem estaciona em local de embarque/desembarque de passageiros de transporte escolar está cometendo uma infração de trânsito.

Conforme explicou o coordenador do Departamento de Trânsito de Sorriso, Márcio Pires, estacionar em local de parada de ônibus escolar para embarque e desembarque de alunos (Com placa tipo R6b – Estacionamento Regulamentado, com informação complementar), é considerada infração grave e o condutor que insistir em estacionar nesses locais está sujeito à multa de R$ 195,23 e perda de 5  pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além da remoção do veículo.

Segundo Pires, enquanto os agentes de trânsito estão atendendo a uma ocorrência em uma escola, a infração está sendo praticada em outra escola.
“Também estamos realizando várias palestras para orientar principalmente os pais de alunos para que não cometam essa infração”.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, quais secretários do governo Ari Lafin devem continuar na próxima gestão?
(É possível votar em mais de um)