Sorriso: autoridades usam cão nas buscas pelo corpo de adolescente assassinado

Na tarde desta segunda-feira (15-01), equipes da Polícia Judiciária Civil (PJC) e do Corpo de Bombeiros se deslocaram até a região da ponte do Rio Lira, sentido Nova Ubiratã, para realizar buscas ao corpo de um adolescente que foi vítima de homicídio. O local de possível desova do corpo do jovem, desaparecido desde o dia 15 de dezembro, foi revelado pelos dois homens suspeitos de serem os executores.

Os suspeitos confessaram o crime, relatando que o assassinato ocorreu no mesmo dia do desaparecimento do menor. A descoberta foi possível após a equipe de investigação identificar uma postagem nas redes sociais relacionada ao homicídio, na qual o corpo da vítima aparecia. Inicialmente, a titular da conta foi identificada como uma adolescente, resultando na apreensão dela na área urbana.

Entretanto, durante os desdobramentos da apreensão, os investigadores descobriram que, na verdade, o irmão da adolescente utilizou a rede social para fazer a postagem comprometedora. O delegado Bruno França explicou: “Concluímos que, na verdade, o irmão dela tinha usado a rede social para fazer a postagem, identificamos três dos executores do menor que havia desaparecido. Dois deles confessaram o crime com detalhes, indicaram uma possível localização do corpo.”

A prisão de um dos suspeitos teve uma reviravolta inusitada, quando um agente da Gerência de Operações Especiais (GOE) identificou o indivíduo dentro de um carro no estacionamento da delegacia. O delegado enfatizou a situação incomum, mas ressaltou a eficiência da ação para garantir a prisão do suspeito. “A prisão desse suspeito não é uma coisa muito comum, é um pouco audaciosa essa conduta, mas para a sorte da Polícia Civil e com apoio do pessoal da GOE, a gente conseguiu realizar a prisão desse suspeito”, afirmou Bruno França.

A equipe policial agora concentra esforços na identificação dos mandantes do crime, considerando a possibilidade de envolvimento de uma organização criminosa. Os executores tiveram suas prisões em flagrante convertidas para prisão preventiva, e as investigações continuam para localizar os responsáveis pela ordem do crime.

O corpo do jovem não foi encontrado, mas as buscas seguem.

galeria de imagens

Veja também

Delegada Jessica Assis fala sobre a Campanha Maio Laranja de combate ao abuso e à exploração sexual infantil

Polícia Militar recupera em Sorriso caminhonete furtada da Funai de Colíder

Manifestação na Agência da Caixa Econômica Federal de Sorriso chama atenção para falta de pessoal

Inscrições abertas para cursos profissionalizantes gratuitos em Sorriso

Entrevista na Sorriso FM destaca a Campanha Maio Furta Cor pela Saúde Mental Materna

Secretário de Obras de Sorriso esclarece situação na Avenida Natalino João Brescansin