Jurídico

Sorriso: justiça condena acusado de estuprar mulher que fazia caminhada a mais de 13 anos de reclusão em regime fechado

Por: Tâmara Figueiredo R9 News Publicado em 12/03/2020
A tatuagem (detalhe) ajudou na identificação de D.R.O., que está preso

Nesta semana, o juízo da Segunda Vara Criminal de Sorriso condenou Dhemison Rodrigues de Oliveira a uma pena de 13 anos e 01 mês de reclusão em regime fechado, em razão da prática do crime de estupro e roubo cometido no dia 22 de novembro de 2019, por volta das 6 da manhã, na Rua Mato Grosso, no bairro Recanto dos Pássaros, próximo a uma região de mata.

Segundo as informações que constam na ação penal, o acusado, simulando pedir uma informação, parou com a sua moto perto de uma mulher que fazia caminhada, quando de repente segurou a vítima e a arrastou para uma mata forçando a mesma a ter relações sexuais com ele.

Depois do estupro, o acusado ainda levou o aparelho celular da vítima. Ela conseguiu sair do local e procurou ajuda em uma unidade da PM

Ainda cabe recurso da sentença, mas o preso permanecerá preso.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?