Sorriso: mulher é presa por maus tratos a cães no Distrito de Primaverinha

A ação das autoridades foi registrada na tarde desta quarta-feira (06-09), depois de denúncias repassadas ao Núcleo de Fiscalização Integrada, NIF. O órgão foi informado por meio de denúncia de moradores e do MP que tomou conhecimento de que em uma residência havia 6 cachorros, dois dos quais morreram e por fome, falta de alimento os outros quatro cães cometeram canibalismo.

Reinaldo Nunes, coordenador do NIF explicou que a situação era ainda pior do que informado a princípio. “Nos deparamos com 9 cães, todos feridos, em visível estado de desnutrição. Estavam sem água, sem alimento disponível, sem carteira de vacinação ou atestado e sanidade. Em situação bastante precária. Dado este motivo, a PM no momento da fiscalização deu voz de prisão para a responsável por estes animais que foi conduzida à delegacia”.

A mulher foi ouvida pela Polícia Judiciária Civil. O coordenador do NIF disse que de nenhuma maneira a situação se justifica.  “Não existe alegação plausível de ser acatada ou justificativa para uma situação como esta. Ainda não definimos a raça, mas aparentemente são cães utilizados em caça. Independente da situaçã9o, a pessoa que detém a posse de cães ou gatos, tem obrigação de zelar pela saúde, fornecendo água, alimento vacinas e tratar doenças. Vemos cães com bastante lesões, algumas até por maus tratos”, declarou.

Os animais foram recolhidos e encaminhados para tratamento.

galeria de imagens

Veja também

Sorriso: veículos colidem em cruzamento movimentado na região central da cidade

Associação dos Feirantes Rota do Sol anuncia a 1ª Feira de Veículos Usados e Seminovos em Sorriso

Sorte bate à porta de apostadores de Sorriso e Aripuanã na Mega-Sena

Sorriso inicia o calendário esportivo de 2024 com o tradicional Festival da Praça da Juventude

Exposição “Feminiliart – Mulheres em tela” celebrará o Mês Internacional da Mulher

Sorriso: três motocicletas são removidas e dois conduzidos por direção perigosa no Distrito de Primavera