Sorriso: Polícia Civil recupera mais de R$ 425 mil subtraídos de uma única vítima em golpe

Mais de R$ 427 mil subtraídos de uma vítima de golpe foram recuperados pela Polícia Civil, na quinta-feira (20.05), em uma ação conjunta da Delegacia de Sorriso e Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI).

As investigações iniciaram após a vítima procurar a Delegacia de Sorriso, comunicando que foi vítima de um golpe, em que o suspeito entrou em contato via ligação telefônica, se passando por um funcionário do Banco do Brasil.

Durante a conversa, o suspeito disse que estava fazendo a renovação do acesso ao banco e solicitou a confirmação de uma chave de acesso à conta. Antes de desligar, o suspeito disse que a renovação estava sendo processada, sendo em seguida percebido pela vítima duas transferências de alto valor.

Diante das informações passadas pela vítima, a equipe de investigadores da Delegacia de Sorriso entrou em contato com a Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos, que com apoio dos setores antifraudes do Banco do Brasil e do Nubank conseguiu a recuperação de R$ 427.516,11, subtraídos da vítima por meio da fraude eletrônica.

Após procedimentos junto à agência bancária, os valores serão restituídos para a conta vítima. As investigações seguem em andamento para identificar os envolvidos no crime.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

Viatura capa site

Idoso condenado a 14 anos por estupro é preso em Nova Mutum

ouro_PF

PF cumpre 13 mandados em MT em operação que investiga extração de ouro ilegal e lavagem de dinheiro

lailse

Homem mata ex-namorada e usa WhatsApp para confessar crime

bombeiros-viatura-30-990x556

Trabalhador cai em silo em Sinop e morre; bombeiros concluem buscas

Delegacia da Mulher Tangará

Pai que abusava sexualmente da filha tem prisão cumprida pela Polícia Civil em Tangará da Serra

Drogas apreendidas Gefron

Gefron apreende 202 kg de pasta base de cocaína em Porto Esperidião