Sorriso: Prefeitura não renova contrato com Bem Estar e anuncia transição para a Cooperativa Coopervale

O contrato 326/2022 entre a Prefeitura de Sorriso e a empresa Bem Estar se encerroiu nesta quinta-feira, 30 de novembro, e não será renovado, conforme anunciado pelo prefeito Ari Lafin, em coletiva de imprensa. A decisão de não renovar o contrato foi tomada após sucessivas reuniões com representantes dos trabalhadores contratados pela empresa, destacando a insatisfação destes profissionais.

Na tarde de ontem, o prefeito, juntamente com o vice-prefeito Gerson Bicego e o secretário de Administração Estevam Calvo, reuniu-se com demais autoridades, incluindo secretários, representantes do Executivo na Câmara Municipal e vereadores, para dirimir dúvidas e definir a empresa que assumirá a gestão de mais de 1.200 servidores que prestam serviço à Administração Municipal, até que uma nova licitação seja realizada.

A partir de hoje, 1º de dezembro, a Cooperativa de Trabalho Vale do Teles Pires – Coopervale, assume emergencialmente a gestão de mão de obra para a execução de serviços essenciais. Isso inclui diversas funções, como auxiliar de serviços gerais II, oficial de serviços gerais, servente de limpeza, coletor de detritos (diurno e noturno), auxiliar de serviços técnicos, agente de manutenção automotiva e auxiliar de manutenção e reparos, totalizando 1.260 profissionais.

A mudança foi motivada pelo fim do contrato com a Bem Estar e atende ao pedido dos próprios servidores terceirizados que prestam serviços para a Prefeitura. Para garantir a continuidade dos serviços e tranquilizar os servidores, o secretário de Administração, Estevam Calvo, afirmou que os trabalhadores que desejam permanecer prestando serviços para a Prefeitura devem cadastrar-se junto à Coopervale.

Estevam Calvo esclareceu que a remuneração por horas será mantida, embora haja pequenas mudanças na forma de contratação, migrando do regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) para o cooperativismo. Quanto aos salários de novembro, o secretário informou que a Administração Municipal está trabalhando junto à Justiça Trabalhista para garantir que todos recebam o que têm direito, seja pela empresa, seja via Justiça.

O prefeito Ari Lafin destacou a necessidade da mudança devido à insatisfação dos funcionários, visando preservar os servidores para que trabalhem satisfeitos e recebam seus salários em dia. Ele ressaltou que atenderam a um pedido unânime dos servidores para migrarem para uma cooperativa local, onde se sintam cooperados e encontrem apoio quando necessário.

Veja também

Maristela Zanatta fala sobre a campanha “Faça Bonito” em entrevista à Sorriso FM

Menor é apreendido com R$1.000,00 em notas falsas em Sorriso

Semana do MEI é marcada por capacitações e Feira do Empreendedor em Sorriso

Sucesso na roda de conversa do projeto “Elas no Parlamento” na Anhanguera em Sorriso

Exportações do agro batem recorde e atingem US$ 15,24 bilhões em abril

Polícia Militar recupera em Sorriso caminhonete furtada da Funai de Colíder