Sorriso: projeto que visa aumentar número de vereadores não tem quórum para aprovação

O tema foi abordado em entrevista pelo presidente da Câmara de Sorriso, vereador Iago Mela que esteve na bancada da Voz do Povo. Ele destacou que o projeto apresentado por alguns vereadores não entrou na pauta de votações da casa, porque precisa de quórum especial para aprovação, ou seja, 8 dos atuais 11 vereadores.

A discussão sobre o assunto ganhou amplitude nos últimos dias, considerando a divulgação dos números do IBGE que adequam Sorriso à condição de ter 17 vereadores de acordo com a previsão constitucional. Entretanto, são muitos os aspectos a considerar sobre a questão.

Iago Mela explicou que uma conta, mesmo superficial, aponta para um valor próximo a R$ 3 milhões a mais do que o gasto hoje pela casa com salários de vereadores, assessores e custos em geral. Outro aspecto apontado por ele foi o do espaço físico. Hoje o prédio da Câmara não comportaria este aumento.

Restaurante popular

O vereador também falou na entrevista sobre os planos de repassar 1 milhão de reais de sobras do duodécimo deste ano para a implantação de um restaurante popular em Sorriso. O plano inicial é dar vida ao projeto na Zona Leste da cidade, em parceria com a secretaria de assistência Social.

Veja a entrevista completa no vídeo.

Vídeo da notícia

Veja também

Sorriso: três motocicletas são removidas e dois conduzidos por direção perigosa no Distrito de Primavera

Pneu de veículo estoura levando a tombamento na MT 242, próximo a Sorriso

Aparelho de som é apreendido e duas mulheres são detidas após perturbação do sossego e injúria racial

Rotam prende homem com espingarda após ele ameaçar comunidade

Usuário e traficante são detidos pela Rotam em Sorriso

Sorriso: corpo de homem carbonizado é encontrado dentro de veículo