Sorriso recebe 16ª Edição do Circuito Aprosoja na próxima semana

O evento acontecerá no CTG de Sorriso na próxima terça-feira, dia 26 de abril. A região Norte do estado de Mato Grosso será a primeira a receber a edição 2022.

A expectativa é muito positiva, segundo os delegados da Aprosoja em Sorriso. “Estamos com expectativa de receber um grande número de produtores, em especial devido a presença do Caio Coppolla. A programação inicia às 18h30. Estará presente também o presidente da Aprosoja Fernando Cadore para um bate papo com todos”, destacou Luana Belusso em entrevista ao programa A Voz do Povo.

Diogo Damiani, delegado e coordenador do Núcleo Aprosoja Sorriso ressaltou a importância do evento para todos os produtores. “Esperamos contar com a presença de todos, já que muitos assuntos importantes serão abordados. Não é preciso fazer inscrições previas. Apenas comparecer no dia do evento”, disse.

O presidente do Sindicato Rural de Sorriso, Silvano Filipetto destacou que o Circuito é o principal evento da Aprosoja, porque traz as informações do que está sendo feito pela entidade para o produtor e leva as demandas da base para saber o que precisa ser feito.  “A vinda do Caio Coppolla é muito importante para nos atualizar sobre os mercados, toda a polêmica da Direita e da Esquerda, as expectativas para a eleição, enfim. Mas, o mais importante é que o produtor esteja lá para levar suas dúvidas e esclarecer. E também levar algumas soluções do que esteja fazendo de bom em sua propriedade e dividindo com os outros produtores”.

Entre as demandas dos produtores no momento está a dificuldade na liberação da APF – Autorização Provisória de Funcionamento da área, necessária porque não há ainda um licenciamento ambiental definitivo. “O pessoal não está conseguindo fazer a autorização provisória da SEMA. Já conversamos com os responsáveis e fomos informados hoje que eles estão com problemas no sistema. Então, quem está tentando fazer a APF e não está conseguindo, nos comunique, que cobraremos a FAMATO e as entidades.  Tem produtor com negócios amarrados por causa desta autorização. Temos outras demandas, como a logística da 163 – o que vai acontecer ou não. Isto foi discutido já em reuniões anteriores e vamos apresentar durante o evento também, além de muitos outros assuntos”.

A importância de se unir forças no setor também foi destacada por Filipetto. A Aprosoja tem hoje em torno de 7 mil e 500 produtores associados e a meta é chegar a 10 mil em dois anos. “ E, produtor rural, se você não se unir em cooperativas e associações, vai ser engolido. A união faz a força e o homem de bem tem que se envolver sim, em entidades e política. Temos no sindicato o envolvimento nos Conselhos, onde a política séria é feita verdadeiramente”, afirmou o presidente.

 

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

milho_materia

Aprosoja-MT estima perda irreversível de 4 milhões de toneladas na safra de milho

safra-milho

Prejuízos com a estiagem preocupam produtores de MT; Aprosoja faz orientações

indea

Presidente do Indea destaca abertura de novos mercados e maior valorização da carne mato-grossense

aftosa

Vacinação contra febre aftosa começa em MT

capaaaaaa_apros

Circuito Aprosoja é realizado com sucesso em Sorriso

porcos

Governo de Mato Grosso busca alternativa para desoneração do setor de suínos