Agronegócio

Sorriso: Representantes da Prefeitura e produtores rurais avaliam obra da MT-485

Por: Assessoria Publicado em 15/04/2021

Produtores rurais, secretários municipais e técnicos da Prefeitura avaliaram, na manhã desta quinta-feira (15), junto ao prefeito de Sorriso, Ari Lafin, o andamento da obra de pavimentação da MT-485, a Estrada do Morocó. A troca do marrom da terra pelo cinza do asfalto está se dando por meio da parceira entre Governo do Estado, produtores rurais e Prefeitura de Sorriso.

O termo de cooperação para o asfaltamento de quase 35 km desta via foi assinado em julho do ano passado e a ordem de serviço em fevereiro deste ano. Representando a Associação de Produtores da Morocó, Ailan Jonas Dalmolin, celebra o início das obras, que já resultou na pavimentação de 3 km. “Estamos muito satisfeitos e acreditamos que antes mesmo do prazo de dois anos, a obra já esteja finalizada”.

Ao todo, devem ser investidos mais de R$ 28 milhões na empreitada, sendo que, deste montante, 80% dos custos ficam a cargo do Governo do Estado e os demais 20% são divididos entre Prefeitura e produtores rurais.

O trecho em questão é o cenário de “ir e vir” diário não só para produtores rurais, mas também entra como uma das principais vias no mapa do transporte escolar. “É uma obra que beneficiará muita gente, com uma via que propiciará um transporte mais confortável e, principalmente, seguro”, destaca o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, lembrando que aprimorar a logística de transporte na Capital Nacional do Agronegócio é indispensável.  “Além da 485, também estamos avançando na questão da MT 490, assim como já demos início à edificação de pontes de concreto sobre o Celeste, nas estradas Rodeio e Sodema”, contextualiza.

Sobre a MT-490, o secretário da Cidade, Ednilson Oliveira, explica que, para andamento desta obra, já foram emitidas a Licença Prévia (LP) e a Licença de Instalação (LI) e o projeto final está sendo analisado pela equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra). Ao todo, o custo para a pavimentação de 43 km, no trecho compreendido entre a BR/MT-242 e a MT- 485, é de R$ 46,1 milhões. A divisão deve seguir o padrão adotado no termo de cooperação da obra da MT- 485,  com o Estado respondendo por 80% do montante, produtores e Prefeitura com os 20% restantes.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?