STJ anula decisão que manteve condenação de Savi e Rossato por improbidade

O ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), anulou decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) que manteve condenação do ex-deputado estadual Mauro Savi e do ex-prefeito de Sorriso Dilceu Rossato.

Em sua decisão, publicada nesta terça-feira (14), o ministro ainda determinou que o TJMT convoque uma nova sessão para julgar, de novo, recurso contra a condenação.

De acordo com a ação, Savi e Rossato foram condenados, em 2016, por usarem a estrutura da Prefeitura de Sorriso para benefício do ex-deputado em sua eleição em 2006.

Conforme o Ministério Público Estadual, Rossato, então prefeito, e seu vice, Luiz Carlos Nardi, fizeram uma reunião com servidores públicos na Associação Comercial e Empresarial de Sorriso (ACES), que tem sede disponibilizada pela Prefeitura, para convocar os funcionários a votarem em Savi.

Pelo crime de improbidade administrativa, o trio foi condenado a proibição de contratação com o Poder Público por três anos e pagamento de multa civil de cinco vezes o valor que recebiam na época dos fatos. Então, em 2019, o grupo recorreu ao Tribunal de Justiça, que, por maioria, decidiu manter a sentença.

A defesa de Rossato, então, recorreu ao STJ, alegando que o TJMT ofendeu o art. 942 do Código de Processo Civil, que dispõe que, quando o resultado de uma apelação não for unânime, o julgamento deve prosseguir com a convocação de mais desembargadores “em número suficiente para garantir a possibilidade de inversão do resultado inicial”.

“Com efeito, verifica-se que o acórdão a quo encontra-se em dissonância com a jurisprudência do STJ, consonante alhures mencionado, motivo pelo qual a preliminar suscitada merece ser acolhida”, anotou o ministro, ressaltando que o Judiciário mato-grossense não aplicou a técnica de ampliação do colegiado.

Dessa forma, o magistrado declarou a nulidade do acórdão e determinou o envio do processo ao TJMT, para convocação de nova sessão de julgamento, nos termos do art. 942 do CPC.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

morte alencar bortolanza

Sorriso: homem é encontrado morto com perfurações de arma branca na zona Leste

faca 01

Sorriso: pai alcoólatra tenta matar filho usuário de drogas com golpes de faca no Jardim Primavera;

casa incendiada sjose

Sorriso: casa é consumida pelo fogo no bairro São José

e0b75815-497a-4e4d-b785-8d2c992a3f7a-990x556

Sinop: Bombeiros são mobilizados após princípio de incêndio em hipermercado

WhatsApp Image 2022-02-14 at 17.55.27

Sorriso: bandidos assaltam estabelecimento comercial em plena luz do dia (veja vídeo)

ac

Sorrisense morre em acidente na BR 163 próximo a Itaúba