Juri em Sorriso: Taison Renan “Pneu” é condenado a 27 anos de prisão por homicídio com características brutais

O júri popular em Sorriso proferiu nesta terça-feira (27), a sentença de 27 anos de prisão para Taison Renan Ferreira dos Santos, conhecido como “Pneu”, pela acusação de homicídio de um menor que pertencia a uma facção rival. O crime, registrado em fevereiro de 2022, chocou a cidade de Ipiranga do Norte.

Conforme as informações do Ministério Público Estadual (MPMT), Taison Renan, integrante do Comando Vermelho, foi considerado culpado pela morte do adolescente M.A.F.P. A vítima foi assassinada num terreno aos fundos de um mercado na cidade de Ipiranga do Norte. O réu deverá cumprir a pena em regime inicial fechado, sem a possibilidade de recorrer em liberdade.

A denúncia do Ministério Público de Mato Grosso alegou que Taison Renan “arquitetou a trama criminosa” motivado pela crença de que o adolescente e seus irmãos eram membros de uma facção criminosa rival, configurando uma motivação torpe.

Segundo a acusação, no dia do crime, ambos estavam em uma conveniência quando Taison convidou o jovem para consumir drogas, atraindo-o para um local ermo sob o pretexto de dissimulação. Lá, ele atacou a vítima com golpes de arma branca. O adolescente tentou fugir, mas foi perseguido, rendido e, de forma cruel, afogado em uma poça d’água.

O Conselho de Sentença, ao deliberar sobre o caso, reconheceu que o crime foi cometido por motivação torpe, com emprego de meio cruel e mediante dissimulação. Além disso, considerou que o réu integrava uma organização criminosa.

Veja também

Delegada Jessica Assis fala sobre a Campanha Maio Laranja de combate ao abuso e à exploração sexual infantil

Manifestação na Agência da Caixa Econômica Federal de Sorriso chama atenção para falta de pessoal

Inscrições abertas para cursos profissionalizantes gratuitos em Sorriso

Entrevista na Sorriso FM destaca a Campanha Maio Furta Cor pela Saúde Mental Materna

Secretário de Obras de Sorriso esclarece situação na Avenida Natalino João Brescansin

Governador defende eficiência e que Brasil lidere setor da economia verde