Polícia

Tio mata sobrinho com tiro na cabeça após ‘reza’ em Mato Grosso

Por: Olhar Direto Publicado em 30/04/2020

Um homem, que não teve o nome divulgado, foi preso pela Polícia Civil de Vila Rica (1.259 km de Cuiabá), com apoio da Polícia Civil de Tocantins, na última quarta-feira (29), acusado de matar o próprio sobrinho com um tiro na cabeça. Ele estava foragido da Justiça há mais de 26 anos e acabou sendo achado em Mato Grosso.

Segundo as informações, o bárbaro homicídio ocorreu no dia 19 de março de 1994, próximo a uma fazenda no município de Filadélfia (TO), quando o tio efetuou um disparo de arma de fogo contra a cabeça do seu sobrinho José Ribamar Félix Aires.

O crime ocorreu quando vítima e suspeito estavam seguindo juntos a cavalo, a caminho de casa, depois de passarem o dia em uma “reza”.

A prisão do foragido ocorreu menos de 24 horas após a equipe da Polícia Civil do Tocantins entrar em contato com a Delegacia de Vila Rica sobre o mandado de prisão em aberto.

Assim que recebeu as informações, a equipe de investigadores iniciou as diligências, coordenadas pelo delegado Luiz Felipe Nascimento Leoni, e conseguiu localizar e dar cumprimento ao mandado de prisão contra o foragido.

O foragido da justiça foi encaminhado à Delegacia de Vila Rica para as providências cabíveis.

Na síntese da decisão da Justiça consta: “(…) Nos autos vislumbra-se, ser(o denunciado) pessoa violenta e o crime ser daqueles que causam repugnância e desconforto no meio social, ameaçando inclusive o prestígio da própria justiça, além de estar se furtando de responder aos seus atos.”

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?