Saúde

Urgente! Emanuel Pinheiro decreta toque de recolher em Cuiabá e barra retorno das aulas

Por: Folha360 Publicado em 10/06/2020

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), anunciou nesta quarta-feira (10), em live nas redes sociais, que irá decretar toque de recolher na capital.

A população ficará impedida de estar pelas ruas à noite, sob pena de serem abordados pela fiscalização e pela polícia. 

A partir de sábado (13), os cuiabanos não poderão circular, nem mesmo de carro, pelas ruas da cidade entre os horários de 22h30 e 5h30.

VEJA A ÍNTEGRA DO DECRETO DE EMANUEL PINHEIRO

O rígido toque de recolher é para conter o avanço do coronavírus (covid-19), uma vez que a capital sofreu um surto da doença nas últimas três semanas. 

Durante a live, Emanuel Pinheiro confirmou que o toque de recolher ocorrerá de 13 a 28 de junho em Cuiabá.

O toque de recolher ocorre na mesma semana em que Emanuel Pinheiro liberou o retorno do atendimento ao público em bares e restaurantes, e flexibilizou o funcionamento das praças de alimentação dos shoppings. 

Fica determinada a proibição de locomoção de qualquer cidadão no território do Município de Cuiabá, no período compreendido entre as 22h:30m às 05h:00m, de 13 à 28 de junho de 2020″, consta no decreto. 

Na área da educação, o prefeito de Cuiabá barrou o retorno das aulas que estavam previsto para junho, diante do aumento dos casos de Covid. 

As aulas só poderão, talvez, retornarem daqui a 30 dias, e somente após criteriosa avaliação da equipe de saúde da prefeitura. 

“Fica prorrogada para o dia 12 de julho de 2020, a suspensão das atividades presenciais nas unidades da rede pública municipal de ensino, bem como as atividades presenciais nos estabelecimentos de ensino da rede privada em todos os níveis”, diz o decreto. 

VEJA A ÍNTEGRA DO DECRETO DE EMANUEL PINHEIRO

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?