Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Ouça a melhor programação todos os dias. Sintonize 99,1 Sorriso FM - Do jeito que você gosta!

Agronegócio


Veja o que pode mexer com o mercado de soja na próxima semana

Clima nos Estados Unidos e demanda da China são dois dos principais pontos de atenção nos próximos dias, segundo a consultoria Safras

Os players do mercado de soja continuam dividindo suas atenções entre o clima para o desenvolvimento da nova safra norte-americana e os movimentos da demanda chinesa no mercado internacional, de acordo com a consultoria Safras. A relação comercial e política entre Estados Unidos e China também chama a atenção, enquanto a pandemia do novo coronavírus permanece como pano de fundo para os mercados mundiais.

O analista Luiz Fernando Roque detalhou esses fatores, que merecem atenção, pois podem mexer com os preços da oleaginosa na próxima semana:

  • O mercado de soja ainda digere os números do relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) de agosto, divulgado no dia 12. O órgão surpreendeu ao trazer grandes ajustes positivos para a produção e estoques dos EUA da temporada 2020/2021;
  • Embora o mercado já esperasse por aumentos nas estimativas devido ao clima favorável registrado em julho no cinturão produtor norte-americano, os aumentos vieram bem acima das expectativas;
  • Para o USDA, a safra dos EUA está agora estimada em mais de 120 milhões de toneladas, enquanto em julho a estimativa girava em torno de 112 milhões. Tal fato elevou os estoques finais para algo em torno de 16 milhões de toneladas na nova temporada, patamar semelhante ao da temporada 2019/2020;
  • Mesmo com esses grandes ajustes, o mercado engatou duas sessões de ganhos após o relatório. Sinal de que a demanda chinesa pela soja norte-americana segue crescendo, somados a declarações positivas com relação ao acordo comercial assinado em janeiro, deram o tom positivo para Chicago, mesmo com a superprodução esperada para os EUA e estoques praticamente estáveis;
  • As lavouras norte-americanas continuam se desenvolvendo muito bem na maioria dos estados produtores. Apesar disso, um evento climático atípico ocorrido nesta semana no estado de Iowa (segundo maior estado produtor) trouxe uma grande devastação para lavouras de milho e de soja;
  • Tal fato também ajudou Chicago a ganhar fôlego, embora os danos ainda não tenham sido calculados. É possível, sim, que parte da produção de Iowa tenha sido perdida, e é importante acompanharmos as notícias para sabermos o verdadeiro tamanho dos estragos;
  • Frente a isso, já podemos esperar por uma redução na estimativa de safra no próximo relatório do USDA, em setembro. Mesmo o tamanho do corte ainda sendo uma incógnita, não esperamos por uma safra norte-americana inferior a 116 milhões de toneladas, o que ainda representaria uma grande produção;
  • As compras de soja norte-americana por parte da China devem continuar crescendo nas próximas semanas diante de declarações que indicam que o acordo comercial está “indo bem”;
  • Isso serve de suporte para Chicago, impedindo ajustes negativos maiores devido ao bom desenvolvimento da nova safra dos EUA. Ainda há tempo hábil para os chineses honrarem o acordo.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Meio Ambiente

Equipes da Coordenadoria de Fiscalização de Fauna da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e do Posto de Atendimento Emergencial de Atendimento a...

Primeiro Impacto

Na manhã desse domingo, dia 20 de setembro em que comemora-se o dia do gaúcho, a tradicional Missa Crioula foi celebrada no recinto do...

Primeiro Impacto

Um acidente foi registrado no início da tarde desse domingo(20/09) no bairro Nova Aliança envolvendo uma motocicleta e veículo Fiat Strada. Conforme relatos do...

Primeiro Impacto

Uma empresa de defensivos agrícolas localizada as margens da BR-163 acionou o auxilio da equipe do Corpo de Bombeiros na manhã desse domingo(20/09) após...

Primeiro Impacto

A guarnição da Polícia Militar foi acionada via 190 para atender uma denuncia de que um homem estaria furtando pertences de valor dentro da...

Primeiro Impacto

Na manhã desse sábado(19/09), um grupo de voluntários do Rotary Club realizaram mais uma limpeza do Rio Lira. O projeto de limpeza do rio...

Propaganda

Curta a nossa página

+ Mais notícias

A Voz do Povo

Observatório Social de MT faz denúncia sobre taxa de mortalidade nas UTIs COVID -19 de SINOP. Documento assinado pelo Observatório denunciam grave ilegalidade, lesão...

Primeiro Impacto

O presidente Jair Messias Bolsonaro acaba de pousar no aeroporto João Figueiredo em Sinop. Bolsonaro vista Sinop e Sorriso nesta sexta-feira (18/09). Centenas de...

Geral

A Prefeitura Municipal de Sorriso decretou ponto facultativo nessa sexta-feira (18/09), considerando a ilustre visita do ilustríssimo presidente da República, Jair Messias Bolsonaro ao...

Geral

A empresa América Insumos agrícolas e seus clientes desenvolveram a segunda edição do projeto “Colheita do Bem” e arrecadou quase meio milhão de reais...

A Voz do Povo

SES responde as denúncias do Observatório Social MT sobre o alto índice de mortalidade em UTI COVID de Sinop. Confira a nota:

A Voz do Povo

Forte esquema de segurança montado para receber o presidente Jair Bolsonaro no aeroporto de Sorriso. Confira a reportagem de Heverton Luiz:

Primeiro Impacto

Presidente Jair Bolsonaro recebeu da Câmara Municipal a honraria do Título de Cidadão Sorrisense. Prefeito Ari Lafin entregou lista das demandas do município.

Polícia

Um funcionário um homem de 31 anos, em surto psicótico na noite desta quinta-feira (17), por volta das 19h10m, com uma pá carregadeira destruiu...

Propaganda