Economia

“Vendas de veículos em janeiro se mantêm estáveis”, avalia Fenabrave-MT

Publicado em 05/02/2020

A expectativa é que os números acompanhem a tendência nacional em 2020.

O desempenho do setor automotivo em Mato Grosso sofreu uma leve retração no mês de janeiro deste ano na comparação com janeiro de 2019. Foram emplacadas 8.229 unidades nos primeiros 30 dias de 2020 em todos os segmentos. Já no ano passado, foram 23 unidades a menos, contabilizando automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, motos e implementos rodoviários.
Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) e demonstram uma estabilidade nos números na avaliação de Paulo Boscolo, diretor da Regional Mato Grosso. “A comparação de janeiro com janeiro é um termômetro importante para as concessionárias. Nessa checagem percebemos ‘estabilidade’ e um resultado melhor do que a média nacional”, avalia. Enquanto Mato Grosso reduziu em 0,28% as vendas, o Brasil registra queda de 1,61% em todos os segmentos automotivos.

Na análise entre dezembro de 2019 e janeiro deste ano, a queda foi acentuada – de 19,5%. No último mês do ano passado, foram comercializadas 9.860 unidades. O primeiro mês do ano já é conhecido por apresentar queda. “O período foi de férias, tanto dos compradores, como para as fábricas, que estabelecem suas férias coletivas na produção por pelo menos duas semanas. Isso faz parte da sazonalidade deste mercado, em que no período se vende menos historicamente”, pontua o diretor.

Boscolo destaca a seguinte avaliação: “O número que chama mais atenção (negativamente) é a queda percentual nas vendas de ônibus, porém a base de análise é muito pequena. Veja que 15 veículos foram vendidos esse ano contra 33 no ano passado. Sabemos que o comércio de ônibus depende muito de contratos de frotas. Temos de esperar mais alguns meses para entender se essa redução é mesmo uma tendência. Nos demais segmentos, 2020 deu a largada com comportamento semelhante a 2019”, explicou.


Projeções 2019


No início de janeiro, a Fenabrave nacional divulgou suas projeções para 2020, que contemplam aumento global de 9,7%, para todos os segmentos no Brasil.

– Para Automóveis e Comerciais Leves, a expectativa é de alta de 9%.

– As vendas de Caminhões devem seguir avançando, devendo registrar alta de 24%.

– Implementos Rodoviários deve ter alta de 23%.

– O mercado de motocicletas deverá crescer, no mínimo, 9%.

– Para Tratores e Máquinas Agrícolas, a expectativa é de crescimento entre 3,5% e 5%.

“A expectativa é que os números acompanhem a tendência nacional. Contamos também com a melhora no número de empregos. Portanto, a expectativa é de melhora na economia e na queda de juros”, finaliza.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, quais secretários do governo Ari Lafin devem continuar na próxima gestão?
(É possível votar em mais de um)