Vendas de veículos em Mato Grosso apresentam alta de 3,29% em julho

A comercialização de veículos novos em Mato Grosso apresentou crescimento  de 3,29% em julho, quando 9.285 veículos foram emplacados. O saldo positivo é creditado pelos concessionários mato-grossenses ao maior número de dias úteis no mês em comparação a junho, quando 8.989 novos veículos foram vendidos. No acumulado do ano verifica-se incremento de 27,73% nas vendas com 56.528 unidades.

Os dados são divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores e enviados à Regional Mato Grosso (Fenabrave-MT) e referem-se aos segmentos de automóveis e comerciais leves, caminhões, ônibus, motos e implementos rodoviários e similares.

“Podemos considerar esses 3,29% de crescimento verificado em julho no comparativo com junho como uma estabilidade nas vendas e até atribuir ao maior número de dias úteis”, avalia Paulo Boscolo, diretor-presidente da Fenabrave-MT.

No comparativo com julho de 2020 as vendas apresentam alta de 51,79%, contudo Boscolo lembra que Mato Grosso e o Brasil na ocasião viviam o primeiro grande pico de Covid-19, onde o comércio considerado não essencial chegou a ter de fechar suas portas por alguns dias.

Automóveis e Comerciais Leves: o segmento representa 45% das vendas nas concessionárias mato-grossenses. As vendas de julho somaram 3.989 unidades, 2,60% a mais que as 3.888 de junho. Já no comparativo com julho do ano anterior alta de 31,69%. No acumulado do ano o saldo é de 29,74%, salto de 20.404 para 26.472 unidades.

Caminhões e Ônibus: apresenta crescimento de 10,37% na variação mensal, com 511 emplacamentos. Em junho haviam sido 463 emplacamentos. Ao se comparar com julho de 2020, alta de 50,29% em relação aos 340 emplacamentos. Já no acumulado do ano foram 2.801 unidades vendidas, enquanto nos primeiros sete meses de 2020 haviam sido 1.890, o que representa um cenário positivo de 48,20%.

Motocicletas: julho apresentou 1,83% de variação em relação a junho, leve incremento de 3.664 emplacamentos para 3.731. No comparativo com julho de 2020, a alta foi de 95,03%. Já no acumulado do ano as vendas somaram 20.309 unidades, crescimento de 18,87%.

Implementos Rodoviários: também apresentaram crescimento no comparativo com junho. O saldo foi de 16,67% de emplacamentos a mais, de 522 para 609. No ano o resultado aponta para uma alta de 28,83%.

Mercado otimista

Apesar das montadoras brasileiras e no mercado externo ainda sofrerem com a falta de componentes para a produção de veículos, o que vem atrasando as entregas, os concessionários mato-grossenses se mantém otimistas, segundo Cláudio Bagestan, da Via Norte – Sinop e Região. “Mesmo as montadoras registrando dificuldades com a reposição de componentes para a fabricação, a demanda por parte dos clientes segue alta e aqueles que desejam um 0Km e não efetivar pedidos firmes junto às concessionárias correm o risco de postergar ainda mais a aquisição”.

Brasil

O Brasil em julho apresentou leve decréscimo de -0,02% em relação a junho. No sétimo mês foram emplacados 309.491 novos veículos. Na comparação com julho de 2020 saldo positivo de 10,90% e no acumulado do ano de 33,74%.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

energiza

Mutirão em Sorriso realiza negociações com parcelamento em até 24 vezes

Dinheiro, Real Moeda brasileira

Cerca de R$ 9,2 bilhões de saque extraordinário voltarão ao FGTS

thumb__600_0_0_0_auto - 2022-08-04T083155.301

Sine Sorriso tem 363 Vagas de emprego em aberto

caminhoneiros (1)

Auxílio a caminhoneiros será pago por meio de poupança social digital

governo-paga auxilio-brasil-a-beneficiarios-com-nis-final-7-scaled

Mais 2,2 milhões de famílias vão receber Auxílio Brasil de R$ 600

botijão de 13 quilos de gás de cozinha

Auxílio Gás será de R$ 110 em agosto, informa Caixa