Educação

Alunos da Escola Militar terão aulas na Escola Arlete Capelari e extensão da 13 de Maio vai para José Domingos Fraga; contrato para mudança para UNIC deverá ser assinado na terça

Por: Tãmara Figueiredo com informações de Heverton Luiz Publicado em 07/02/2020

Uma coletiva de imprensa foi concedida na manhã desta sexta-feira, 07/02 na sede da Assessoria Pedagógica do Estado, em Sorriso pelo assessor da SEDUC, Zeferino Junior e pelo diretor da Escola Militar, major Hilton Botelho para comunicar aos pais dos alunos da Escola Militar Tiradentes e também dos alunos da extensão da Escola 13 de Maio, de que a solução encontrada momentaneamente para sanar o problema de  falta de local para funcionamento dessas unidades será a mudança dos alunos da Escola Militar para a Escola Arlete Capelari, no bairro Rota do Sol. E os alunos da extensão da 13 de Maio para a Escola José Domingos Fraga. Ambas as escolas encontram-se no período de recesso, por terem aderido o movimento de greve.

O atual prédio, onde as unidades funcionavam é anexo ao Park Shopping Sorriso que teria vencido e já está sendo entregue. O local encontra-se em obras.

O deputado Ederson Dalmolin, o Xuxu trouxe uma nova informação de que as pendências para a assinatura do contrato pelo grupo Kroton, que administra a UNIC já foram resolvidas e que o contrato entre a SEDUC e a Kroton deverá ser assinado na terça-feira, 11/02.

A mudança para a sede da UNIC porém ainda dependerá desse contrato ser publicado no Diário Oficial e também de adaptações que deverão ser feitas na cozinha da UNIC para atender a merenda escolar dos alunos.  

A incerteza da mudança para sede da UNIC tem preocupado os pais e mães dos alunos. A mãe de um aluno da Escola Militar esteve presente na reunião e também falou à imprensa. “A nossa dificuldade é entender porque demorou tanto para resolver. A gente acredita que o ensino deva ser prioridade, não importa quem seja o pai, se é o Estado ou município. Inclusive o município poderia fazer mais, inclusive estrutura física, porque não. Pretendemos fazer uma reunião para formular um documento e talvez entrar até com uma medida judicial, para não ficarmos assim sem uma data para esse contrato ser concluído. A gente vê que o ensino não estar sendo valorizado. A educação precisa ser valorizada. A gente percebe que falta vontade e um pouco mais de gestão”.

Segundo o diretor da Escola Militar, major Hilton Botelho, para os alunos novos, a ambientação acontecerá na segunda e terça (10 e 11/02) , todos os alunos aprovados no seletivo terão esse período de adaptação no mesmo horário das 13 ás 17 horas e para os alunos veteranos o início das aulas será na quarta-feira(12/02) no período em que foram matriculados. O transporte escolar também deverá ser garantido aos alunos.

A direção da Escola Militar publicou um informativo sobre como será o início das aulas. Clique no link e acesse:https://www.facebook.com/817782398391137/posts/1454657591370278/?d=n

Enquete. Participe!

Em sua opinião, quais secretários do governo Ari Lafin devem continuar na próxima gestão?
(É possível votar em mais de um)