Capitais iniciam hoje vacinação de crianças de 3 a 5 anos contra a Covid-19 com a CoronaVac

Algumas capitais do país começam, a partir desta segunda-feira (18), a vacinar crianças de 3 a 5 anos contra a Covid-19 com a CoronaVac. Entre elas estão: São Luis (MA), Fortaleza (CE), Boa Vista (RR), Manaus (AM), Belém (PA) e Salvador (BA). O Rio de Janeiro já havia iniciado a aplicação da primeira dose nessa faixa etária.

Até o momento, a capital paulista não divulgou a data de início para a imunização infantil. A Prefeitura de São Paulo informou que segue o calendário vacinal do PEI (Programa Estadual de Imunizações). São 313.826 crianças entre 3 e 4 anos elegíveis.

“Com relação à quantidade de vacinas para iniciar a imunização deste grupo, a prefeitura está em tratativa com o governo estadual, responsável pelo envio e distribuição aos municípios”, informou em nota.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizou, na quarta-feira (13), a aplicação da CoronaVac em crianças de 3 a 5 anos. A análise foi baseada em informações do Instituto Butantan, com dados de pesquisas feitas no Chile, onde a vacina já é utilizada nesta faixa etária, resultados de pesquisas sobre a vacinação contra a Covid-19 no Brasil, pareceres das sociedades médicas e literatura científica.

O esquema vacinal será de duas doses, com intervalo de 28 dias. A vacina não é recomendada a crianças com deficiência no sistema imune. O fármaco é o mesmo usado em adultos e os frascos continuam iguais.

Os pequenos de 5 anos já vinham sendo vacinados com a Pfizer pediátrica e os que têm 6 anos ou mais, tanto com a Pfizer quanto com a CoronaVac.

Para receber a vacina, a criança deve estar saudável e, no dia em que for imunizada contra a Covid-19, poderá receber outras vacinas do calendário infantil, caso haja pendências.

É necessário apresentar documento oficial de identificação da criança: certidão de nascimento, carteira de identidade ou passaporte, além da carteira de vacinação. Também é preciso apresentar um documento original com foto do responsável no momento da aplicação.

“Contamos com a participação dos pais e responsáveis para aderir a mais uma forma de proteção das crianças, que já aderem à vacinação de rotina, tão importante para evitar doenças graves e internações”, afirmou a secretária de Saúde de Fortaleza, Ana Estela Leite.

Os estados também estão empenhados na aplicação da quarta dose em adultos. O cronograma varia de acordo com o município.

 

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

Beatriz quatto

Sorriso: corpo da empresária Beatriz Alves de Freitas será velado no Centro de Eventos Rota do Sol

CRIANÇA REFEM

Homem é preso após tentar matar esposa e fazer filha de 9 meses refém

INDEA MT

Governo de MT publica nomeação de 111 aprovados no Indea

Beatriz quatto

Sorriso: Prefeitura decreta luto de 3 dias por morte de empresária Beatriz Alves

Orlalto-prefeito-de-Pedra-Preta-morto-em-agosto-2022-re

Prefeito de cidade Mato-grossense morre de câncer; autoridades expressam pesar

ciopaer leva paciente

Avião do Ciopaer leva paciente de Mato Grosso para transplante de rim no Paraná