Guarda patrimonial de escola é preso por abusar sexualmente de aluna de 9 anos

A Polícia Civil cumpriu nesta sexta-feira (25) em Lucas do Rio Verde a prisão preventiva de um homem de 47 anos investigado pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra uma criança de nove anos de idade.

A Delegacia de Lucas do Rio Verde tomou conhecimento do fato há aproximadamente 15 dias e foi instaurado inquérito para apurar o crime. Conforme a investigação, o suspeito abusou sexualmente da criança em uma escola do município, onde ele trabalhava como guarda de patrimônio desde 2018. A menina entrou no banheiro, o suspeito seguiu atrás e cometeu o abuso.

A mãe da criança procurou a Delegacia da Polícia Civil, que iniciou a apuração do caso por meio do do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e Mulher.

Assim que foi comunicada pela Polícia Civil sobre o fato, a Secretaria de Educação do município afastou o servidor da unidade escolar.

Com base nas informações colhidas durante o inquérito, o delegado Marcello Henrique Maidame representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi decretada pela Justiça.

A criança foi ouvida em procedimento de escuta especializada perante o juízo da Comarca de Lucas do Rio Verde.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

luz na infancia brasilia

Operação nacional sincroniza esforços no combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes

92e0829b-1e7b-4314-90e9-1f2915640b49

PRF apreende dois mil kg de agrotóxicos ilegais em MT

estuprocapa-870x570

Tio convida sobrinha para dar uma volta, desvia o caminho e a estupra em matagal em MT

cpi fantasmas

Presidente da CPI dos Fantasmas diz que vai intimar novamente Paulo Henrique, ex-coordenador de equipe da Coopervale

policia civil mt

Capturados em MT pai e filhos foragidos da polícia alagoana

DHPP de Cuiabá em investigações

Atuação concentrada no esclarecimento de homicídios a mando de facções reforça enfrentamento qualificado e resulta em 35 prisões