Juiz mantém preso acusado de estuprar meninas, conhecido pelo “Escândalo dos Aloprados”

A prisão preventiva do empresário Valdebran Padilha foi mantida após audiência de custódia realizada na tarde de quinta-feira (23) em Cuiabá. Ele foi preso sob acusação de ter estuprado duas menores, uma 12 e outra de 16 anos. Uma delas, a de 12, é sobrinha de sua ex-companheira.

A decisão foi tomada pelo juiz da 11ª Vara Criminal de Cuiabá, Marcos Faleiros da Silva.

O empresário foi encaminhado ao Sistema Penitenciário e ficará preso. Não há informações sobre em qual unidade prisional ele está.

O caso veio à tona depois que a tia da vítima procurou a delegacia para denunciar o ex companheiro

Segundo ela, o pai da menina autorizou o empresário a buscá-la na escola no dia 31 de maio deste ano. No trajeto ele teria ido até sua casa, onde cometeu os abusos.

Durante as investigações, a Polícia descobriu sobre mais um possível abuso, cometido contra uma adolescente, de 16 anos, contratada como babá do seu filho.

A prisão foi realizada pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), como parte da Operação Acalento, que combate crimes de violência contra crianças e adolescentes em todo o País

Valdebran ficou nacionalmente conhecido em 2006 pelo “Escândalo dos Aloprados do PT”. Ele foi preso durante a campanha eleitoral daquele ano com US$ 109.800 e R$ 758 mil.

O dinheiro era fruto da negociação de um dossiê que poderia comprometer políticos tucanose e benficiar o PT. À época ele era filiado à sigla no Estado.

Antes do caso ele havia sido tesoureiro da campanha do petista Alexandre César à Prefeitura de Cuiabá em 2004. Após o escândalo, petistas da alta cúpula chegaram a anunciar a expulsão de Valdebran.

Em 2010, o empresário foi preso novamente, na Operação Hygeia, da Polícia Federal, acusado de fraudes na Funasa.

 

Fonte: midianews

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

Comerciante-empresário-agride-mulher-em-Sinop-agosto-2022-rep

Sinop: policiais cumprem ordem judicial e apreendem arma de acusado de agredir mulher (veja o vídeo)

pRF

Cão farejador ajuda PRF localizar 30 kg de maconha em ônibus no MT

opus7

PF deflagra operação para combater associação que fraudava benefícios previdenciários em Mato Grosso e no Paraná

562e2c4f071bd128033f0b008b6fd361

4 Mortos pelo Comando Vermelho podem ter sido confundidos com membros do PCC

Joias-apreendidas-PF-opreaçao-Pontes-w-Lacerda-1-0-agosto-2022-assessoria-990x556

PF prende três em MT e cumpre mandados contra quadrilha de extração de ouro em terra indígena

operacao

‘Chapeiros’: Polícia prende quatro suspeitos pela morte de advogado