Eleições 2020 Política

Juíza manda Xuxu retirar vídeo com dados falsos referente a pesquisa eleitoral em duas horas de suas redes sociais

Publicado em 14/11/2020

A Juíza Paula Saide Biagi Messen Mussi Casagrande determinou que o candidato Xuxu Dal Molin (PSC) retire de suas redes sociais, em duas horas, dados falsos quanto a pesquisa divulgada por ele. A medida liminar deferida é refere-se a vídeo divulgado pelo candidato em que o candidato esta em primeiro lugar em pesquisa de intenção de votos.

A juíza justifica o deferimento da liminar salientando que a forma que os números foram apresentados podem induzir o eleitor ao erro.

Trecho da decisão aponta que “considerando as informações divulgadas e ainda, a ausência de apontamento da margem de erro da pesquisa realizada, cumpre deferir a medida liminar pleiteada, visto que o modo de apresentação dos resultados revela-se deturpado e pode induzir o eleitor a erro quanto ao desempenho do candidato em relação aos demais, ferindo a disposição legal prevista no art. 14 da Resolução 23.600/2019”.


“Portanto, DEFIRO a tutela de urgência, de modo que DETERMINO a exclusão do vídeo impugnado das redes sociais do candidato, no prazo de 02 (duas) horas, impedindo-o, ainda, de divulgar a pesquisa eleitoral de forma ilegal em qualquer meio de propaganda, sob pena de multa de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) para cada reiteração de conduta ilícita”.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, quais secretários do governo Ari Lafin devem continuar na próxima gestão?
(É possível votar em mais de um)