Marido é condenado a 35 anos de prisão por matar mulher enquanto ela amamentava filho em Mato Grosso

Ademilson Nunes foi condenado a 35 anos, três meses e 15 dias de reclusão pelo homicídio qualificado da companheira Edilene Coelho Santos e posse ilegal de arma de fogo, em Guarantã do Norte/MT.

O Conselho de Sentença reconheceu as qualificadoras de motivo fútil e feminicídio (quando o crime é praticado contra a mulher por razões da condição de sexo feminino), bem como os agravantes de crime na presença de descendente da vítima e praticado nos três meses posteriores ao parto dela.

Conforme a denúncia do 1ª Promotoria de Justiça de Guarantã do Norte, o crime aconteceu em janeiro de 2018, no bairro Jardim Vitória. “Ademilson Nunes, consciente da ilicitude e reprovabilidade de sua conduta, dotado de manifesta intenção de matar por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, valendo-se de uma arma branca (faca), matou sua convivente Edilene Coelho Santos, no contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher, cerca de um mês depois do parto do recém-nascido H.C. dos S. e na presença de seu filho P.F.C. da S., de seis anos de idade”, narrou o Ministério Público.

O casal mantinha união estável há cerca de dois anos, mas o relacionamento era conturbado. Havia, inclusive, processos em andamento por crimes de ameaça e lesão corporal praticados no âmbito de violência doméstica pelo denunciado em face da vítima.

Segundo relatos, o denunciado sempre demonstrou ser ciumento, agressivo e autoritário. Durante a gravidez da vítima, eles chegaram a se separar e depois voltaram a morar juntos. Na data dos fatos, eles discutiram por ciúmes e Ademilson chegou a ameaçar Edilene, executando o crime na sequência. O condenado golpeou a vítima pelas costas e na boca, na presença do filho mais velho dela.

Na residência do casal, ainda foi encontrada arma de fogo e munição de uso permitido, em desacordo com determinação legal ou regulamentar.

Atuou na sessão de julgamento o promotor de Justiça Carlos Frederico Regis de Campos.

 

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

b15e903c-306b-41e0-85f9-5fb9c65424b4

Sorriso: polícia prende homem, apreende menor e recupera objetos subtraídos de comércio

agronomo

Agrônomo morto a tiros durante briga em festa não tinha ligações com facção, diz polícia de MT

mmm

Identificados os três mortos em confronto com a PM de Sorriso; um de 20 anos e dois adolescentes

policia civil mt

Homem é executado com vários tiros próximo a clube em Sinop

0dc8a092-692a-4564-a1d8-aeafdd6dee1e

A Voz do Povo: três homens morrem em troca de tiros com a polícia de Sorriso (vídeo)

a5a73763f1f533ee544643e8a05a967b

Sorriso: mulher troca as fechaduras da casa e da tapa na cara do companheiro