Movimento interestadual que pede duplicação e recuperação da BR 163 relembra mais de 800 mortes na rodovia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

Cerca de 500 pessoas participaram do Movimento Interestadual Pró BR 163 realizado na tarde desta quinta-feira, 17/03/2022, em frente à Fiagril, em Sorriso. No local, estivram expostas muitas máquinas agrícolas e bandeiras do Brasil. Aproximadamente 800 cruzes foram instaladas no local, para relembrar as vítimas de acidentes na rodovia. Cada cruz representa uma vida perdida na BR 163, no trecho e período de concessão da Rota do Oeste (Odebrecht). O objetivo é chamar a atenção das autoridades e reivindicar a manutenção, recuperação e duplicação da rodovia que é o principal canal de escoamento da produção agrícola da região.

O vereador Acácio Ambrosini esteve participando do movimento e falou sobre a importância da retomada de obras de conservação da rodovia e duplicação, para trazer mais segurança para quem precisa trafegar por ela: “Mais um movimento de uma ação que começou errada quando foi assinado o termo de concessão. Estamos aqui mais uma vez estamos aqui reivindicando, se ajoelhando e rezando. Uma vez um sentido errado, como foi feita a concessão da BR 163, onde não foram cumpridos os requisitos firmados e a dificuldade em retomar essa BR para que seja feita nova licitação demonstra a ineficácia desse contrato. Ao longo dos anos tivemos várias gestões públicas, que não tiveram êxito. Recentemente foi conseguida a retomada, prazo de dois anos. Esse é o momento para sensibilizar ainda mais os governantes federais para que ajam com velocidade e deem dignidade para quem trafega por este percurso tão importante para o Brasil”.

O presidente da ACES – Associação Comercial e Empresarial de Sorriso, Cesar Schevinski esteve presente em apoio ao protesto: “Esse eixo é nossa vida. Os governantes tem que olhar com muito carinho, porque a gente manda toda nossa produção e industrialização, tudo vem por esta BR. É um descaso que vem acontecendo nos últimos anos, com um contrato mal feito, com uma empresa que não honrou com seus compromissos e o povo, o agricultor e toda sociedade paga essa conta, todo mundo precisa desse eixo, dessa br, todo mundo precisa desse eixo. A gente tem que juntar forças para lutar, porque é dessa forma que a gente consegue melhorar. Todos os produtos que vem, acabam chegando com preços maiores por conta desses buracos tem que ser recuperados rapidamente e a necessidade da duplicação porquê do jeito que está se torna cada vez mais oneroso desde o mercado, para o produtor e para o contexto geral”.

O chefe da PRF, Leonardo Ramos esteve presente e orientou condutores para mais atenção no trecho por conta do movimento pedindo mais cautela  para evitar acidentes. “Nós estamos presentes com quatro equipes da PRF, garantindo a fluidez e segurança no trânsito e também garantindo a segurança dos manifestantes para que esse ato ocorra na mais absoluta paz e tranquilidade, que todos exerçam seus direitos legais e constitucionais de manifestação e todos que vierem participar dessa manifestação, que ao passar por aqui reduzam a velocidade a fim de evitar acidentes e garantir a segurança de todos que estão no local”. O policial rodoviário lembrou muitas tragédias no trecho da BR 163: “A BR 163 não oferece hoje a condição que a demanda exige, a gente observa os políticos e a população cobrando melhorias e cabe à PRF nesse momento garantir a segurança e a fluidez de todos no local”.

O prefeito Ari Lafin também participou do evento em prol da BR 163 e lembrou que o CIDESA se coloca como uma alternativa para assumir os trabalhos de manutenção e duplicação da BR. “É momento de agradecer a todos os envolvidos em especial à Frente Parlamentar Mato Grosso/ Pará. Nós prefeitos da região estamos juntos nessa causa, juntamente com as entidades, vários agricultores e empresários fazendo esse apelo. Na verdade estamos desesperados, a sociedade mato-grossense está quase de joelhos pedindo a solução desse problema. Estamos hoje aqui, é mais um evento de outros que aconteceram e temos que continuar lutando, tenho certeza que nenhuma causa aconteceu sem grandes batalhas e a BR 163 é uma questão de honra pra todos nós da região e de todo estado de MT. Pessoas de Cuiabá apoiando até porque a BR 163 passa por dentro do Centro de Cuiabá através da Imigrantes, ligando do Sul ao Norte do Brasil. E nós do CIDESA – Consórcio de Desenvolvimento Econômico continuamos nos apresentando como uma alternativa de estar à frente dessa concessão. Claro se o governo do Estado e o Governo Federal também avalizarem essa situação, porque é algo muito criterioso, é um desafio gigantesco, mas nós estamos propostos. Se ninguém quiser e a Rota do Oeste entregar, nós do consórcio Alto do Teles Pires, com os demais prefeitos, estamos propostos com um grupo de trabalho, discutindo com a OAB também e com todas as entidades para enfrentar este desafio”.

O presidente da Câmara de Vereadores de Sorriso, Leandro Damiani lembrou as mortes que ocorreram no período da concessão. “Já foram feitos diversos movimentos nessa BR. O que é importante é que realmente se tape esses buracos, que se duplique essa BR, que se tire essa Rota do Oeste e se coloque uma empresa que realmente vai conseguir cumprir o contrato de acordo com a licitação é isso que queremos. Em memória as mais de 800 mortes na BR 163, somente no período de concessão da Rota do Oeste e infelizmente de outras que ainda vão acontecer por falta de investimento. Nós queremos que o governo, a ANTT, o DNIT que olhem com atenção pra essa BR 163, que é conhecida como a rodovia da produção, mas que infelizmente também é conhecida como a rodovia da morte. Quantas mortes em cima dessa rodovia, então esse movimento é para isso para que o governo federal, ANTT, DNIT olhem com atenção para esse povo sofredor, tão trabalhador, que chegou aqui nas décadas de 60, 70, 80, 90 para desbravar essa região, que é uma das maiores produtoras agrícolas do mundo”.

o vereador Wanderley Paulo, presidente da Frente Parlamentar Mato Grosso – Pará, que esteve à frente da organização, falou sobre a importância do ato: “Um ato muito importante porque visamos externar sem dúvida alguma a importância da rodovia BR 163, o anseio de toda sociedade, do povo de Sorriso e de toda região é uma 163 de qualidade, 163 que não tenha tantas mortes, que permita o escoamento da nossa produção, que dê tranquilidade às transportadoras, aos nossos caminhoneiros que tanto sofrem nessa BR. Quantas vidas perdidas, famílias destruídas, quantos órfãos, quantas viúvas. Nós precisamos urgentemente da BR 163. E esse movimento no dia de hoje, justamente visa isso, nós dizermos ao Governo Federal, que Sorriso, que Mato Grosso tem alternativas para a nova concessão da 163: seja pelo consórcio de produtores rurais, seja de prefeitos, seja do governo do Estado. Mas nós queremos a solução para a duplicação dessa importante rodovia que passa no coração do nosso Estado. São oitocentas pessoas que já nós deixaram, pessoas que perderam a vida e nós estamos solícitos a essas famílias e solidários, o mais importante é preservarmos a vida e é por isso que estamos aqui, juntos e unidos prefeitos, vereadores, ACES, CDL, Aprosoja, Sindicato Rural, empresários, comerciantes, e a população, todos juntos e abraçados pra reforçar este movimento que visa a duplicação, a conservação e uma BR 163 de qualidade para o povo de Mato Grosso e principalmente de Sorriso e da nossa região”.

Com informações de Heverton Luiz.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

galeria de imagens

Veja também

8D614170-9CD6-4C2C-B062-C95DAAD2A98D-1024x576

BR 163 segue interditada; PRF lamenta trágico acidente que deixou pelo menos 11 mortos

acid2

Sorriso: motociclista invade preferencial e duas pessoas ficam feridas

16055135_whatsapp-i

Mulher de 22 anos morre após bater moto em viatura da PM em MT

viatura resgate bombeiros

Jovem morre após grave acidente em Lucas do Rio Verde

Diego-Alves-dos-Santos-falecido-Sinop-maio-2022-arquivo-pessoal

Morre fiscal que sofreu acidente de moto em Sinop e estava hospitalizado

Caminhão-carregado-soja-tomba-rodovia-BR-163-Sinop-maio-2022-assessoria-990x556

Carreta carregada com arroz tomba na BR-163 em Sinop