Saúde TV A Voz do Povo

Município de Sorriso oferta leito de UTI para Hospital Regional, que recusa por não ter condição de manutenção (veja ofício)

Por: Tâmara Figueiredo R9 News Publicado em 09/06/2020

A Prefeitura Municipal Sorriso fez uma proposta de disponibilizar uma UTI para o Hospital Regional de Sorriso afim de cumprir um TAC junto às Promotorias Cíveis do Ministério Público do Estado (MPE). Porém, o município de Sorriso recebeu um ofício do Governo do Estado, encaminhado pela direção do Hospital Regional de Sorriso, de que não havia a possibilidade de receber o leito de UTI que seria pago pelo município.

O prefeito Ari Lafin afirmou durante entrevista ao programa A Voz do Povo desta terça-feira (09/06), que o município de Sorriso havia feito esta a proposta de implantação do leito de UTI no Hospital Regional de Sorriso, mas que o governo do Estado havia recusado a construção da UTI por falta de recursos para a manutenção da mesma.

O documento encaminhado diz que “Considerando que a estrutura hospitalar é formada por estratégias de planejamento que devem considerar tanto a manutenção quanto a reposição dos equipamentos de UTI e suporte técnico de mão de obra especializada para operacionalização, sendo que esses aspectos devem estar no planejamento da manutenção (…). Porém, o mesmo não se refere quando a manutenção do referido leito, analisando todo o contexto neste momento, não somos favoráveis a instalação, pois não teremos estrutura tanto física, quanto de mão de obra suficiente para a manutenção do leito, tendo em vista o planejamento de reordenamento de leitos e a readequação de uma enfermaria de pronto-atendimento para atender pacientes suspeitos ou confirmados com coronavírus – COVID-19″.

Segundo a direção do hospital, a recusa é porque o mesmo não possui condições de estrutura física, mão de obra para a operacionalização e recursos para a manutenção do leito e que o hospital passa por reforma nesse momento.

Confira o oficio da direção do Hospital Regional de Sorriso que recusa a oferta do leito de UTI disponibilizado pelo município de Sorriso:

A par de cumprimentá-lo em resposta ao Ofício SENSAS número 1049/2020 tendo como objeto o conhecimento desta direção em relação à execução da multa fixada nos autos do processo nº 1838-16-2016.811.0040 ao Termo de Acordo entre o prefeito e as promotorias de Justiça Cíveis, sendo:

  1. O município de sorriso no prazo de 45 dias obriga-se a utilizar parte dos recursos oriundos do presente acordo Para viabilizar a abertura de um leito de UTI adulta no Hospital Regional de Sorriso após obtenção de prévia autorização do Estado (…)

Considerando que a estrutura hospitalar é formada por estratégias de planejamento que devem considerar tanto a manutenção, quanto a reposição dos equipamentos de UTI e suporte técnico de mão de obra especializada para operacionalização, sendo que esses aspectos devem estar no planejamento da manutenção para que a operacionalidade seja efetiva.

Em pré-consulta realizada junto à Secretaria de Estado de Saúde e considerando que parte dos recursos conforme item 1 será aplicada para custear a instalação de um leito de UTI adulta no Hospital Regional de Sorriso.

Porém, o mesmo não se refere quando a manutenção do referido leito, analisando todo o contexto neste momento, não somos favoráveis a instalação, pois não teremos estrutura tanto física, quanto de mão de obra suficiente para a manutenção do leito, tendo em vista o planejamento de reordenamento de leitos e a readequação de uma enfermaria de pronto-atendimento para atender pacientes suspeitos ou confirmados com coronavírus – COVID-19.

Desta maneira, informar ainda que outro fator que nos impossibilita de receber a instalação de mais um leito de UTI adulta é que estamos em pleno processo de reforma e ampliação do hospital, estamos com diversos setores em processo de remanejamento para que os serviços continuem a serem prestados sem nenhum prejuízo aos usuários.

Na oportunidade, conforme mencionado sobre o reordenamento de leitos, informamos que no Hospital Regional de Sorriso foram reordenados dois (02) leitos de isolamentos na UTI adulta e 20 leitos clínicos para atender pacientes atingidos pelo coronavírus. Colocamos à disposição para demais esclarecimentos que se fizerem necessários.

Ivone de Carvalho

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?