Trânsito

Município e estado destinam R$ 537 mil para obras de reforma e manutenção de ponte sobre o Rio Ronuro

Por: Ubiratã News Publicado em 23/04/2020

Quinhentos e trinta e sete mil, trinta reais e quarenta e cinco centavos; esse é o valor destinado para as obras de manutenção e reforma da ponte sobre o Rio Ronuro, localizada na BR-242  na divisa dos municípios de Nova Ubiratã e Paranatinga.

O recurso é proveniente de um convênio firmado entre a Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã e governo estadual, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

As obras de manutenção foram iniciadas nesta terça-feira (21), em caráter de urgência, e devem ser concluídas em 40 dias.

Em fevereiro deste ano, em virtude do excesso de chuvas, o Departamento de Infraestrutura e Transportes (Dnit) chegou a interromper o tráfego de veículos depois que engenheiros emitiram um relatório apontando danos na estrutura de sustentação da ponte.

Segundo o prefeito de Nova Ubiratã, Valdenir José dos Santos, a conclusão da obra na ponte é uma prioridade, haja vista sua importância para o escoamento da produção agrícola, bem como o deslocamento de pacientes oriundos dos distritos de Salto da Alegria e Santiago do Norte, ambos pertencentes ao município de Paranatinga.

“Tecnicamente a manutenção deste trecho da rodovia é do governo federal. Por outro lado, como gestor, me senti na obrigação de trazer uma solução ao problema. Levei a demanda ao governo do estado que de imediato propôs a celebração do termo de convênio”, relembra.

Conforme documento, protocolado em dezembro de 2019, parte do projeto será custeado pelo estado (R$ 262.230,45) com uma contrapartida de R$ 274.800,00 da Administração Municipal.

Rotas alternativas

Durante o período de reforma, o tráfego de veículos leves e pesados sob a ponte estará suspenso. O acesso à região deve ser feito por uma rota alternativa de aproximadamente 28 quilômetros, passando pela Fazenda Martinelli e posteriormente retornando a rodovia.

Enquete. Participe!

Em sua opinião, o município de Sorriso deveria montar leitos de UTI?