Piscicultores devem atualizar cadastro de espécies cultivadas junto ao Indea até 10 de dezembro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) realiza, até o dia 10 de dezembro, a atualização do cadastro das espécies de peixes cultivadas no Estado.

A ação visa melhorar o monitoramento da saúde dos animais aquáticos, tendo em vista que grande parte das pisciculturas estaduais possuem no cadastro a nomenclatura “peixe”, sem classificar a espécie.

Para efetuar o cadastramento, o piscicultor deve se deslocar a uma unidade do Indea e declarar as espécies produzidas em seu estabelecimento rural.

De acordo com o diretor técnico do Indea, Renan Tomazele, o recadastramento visa o aprimoramento dos dados das espécies de peixes. “O Instituto quer levantar com exatidão as espécies mais cultivadas no Estado e traçar estratégias para o controle de doenças que possam comprometer o avanço da atividade em Mato Grosso”, relata.

Impeditivo

Os piscicultores que não atualizarem as informações junto ao Indea ficarão impedidos de movimentar animais de sua propriedade até que a atualização seja feita.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

thumb__1280_0_0_0_auto - 2022-05-16T170400.704

Dia de Campo irá apresentar a realidade de uma Horta Urbana

d76eb84ff0357e28e686d391b7b402ee

Novo pedido de mineração em parque é feito durante discussão na AL sobre extinção

515x380_dca10991e61a94e8a278964c2c017751

Onda de frio pode fazer temperatura cair para 9 graus em Sorriso na próxima semana

cobra

Cobra cascavel com duas cabeças que teria sido encontrada em MT não seria real, segundo biólogo

garcia neto_ MEV-2043

Estado assina parceria com ABNT para a certificação de empresas “carbono neutro” de Mato Grosso

GCF_ MEV-1965 (1)

Estados da Amazônia Legal planejam ações integradas de combate a crimes ambientais