Polícia Militar prende assaltante de carreta e liberta motorista mantido em cárcere privado

Polícia Militar conseguiu prender um homem suspeito de manter um motorista em cárcere privado e roubar uma carreta bitrem carregada com soja, no bairro Pedra 90, em Cuiabá. A carga está avaliada em R$ 200 mil.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar, em patrulhamento ostensivo pela região, flagrou que o condutor do veículo de carga quase bateu em um motociclista.

Assim que os policiais se aproximaram da carreta, o motorista saiu do veículo e correu a pé, sendo detido em seguida. O homem portava um simulacro de arma de fogo, tipo pistola, na cintura.

Questionado sobre o armamento, ele ainda relatou que o veículo foi roubado na região da Serra de São Vicente, em Cuiabá.

A equipe, em sequência, fez contato com a empresa responsável do veículo no intuito de localizar o verdadeiro motorista. O suspeito então afirmou que a vítima estava sob cárcere na região do Residencial Aricá, na Capital.

Os policiais então solicitaram apoio para resgatar a vítima no endereço informado pelo suspeito. O homem, que já possui registro por furto, roubo e receptação, foi encaminhado à Central de Flagrantes para registro do boletim de ocorrência e demais providências que o caso requer.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

Comerciante-empresário-agride-mulher-em-Sinop-agosto-2022-rep

Sinop: policiais cumprem ordem judicial e apreendem arma de acusado de agredir mulher (veja o vídeo)

pRF

Cão farejador ajuda PRF localizar 30 kg de maconha em ônibus no MT

opus7

PF deflagra operação para combater associação que fraudava benefícios previdenciários em Mato Grosso e no Paraná

562e2c4f071bd128033f0b008b6fd361

4 Mortos pelo Comando Vermelho podem ter sido confundidos com membros do PCC

Joias-apreendidas-PF-opreaçao-Pontes-w-Lacerda-1-0-agosto-2022-assessoria-990x556

PF prende três em MT e cumpre mandados contra quadrilha de extração de ouro em terra indígena

operacao

‘Chapeiros’: Polícia prende quatro suspeitos pela morte de advogado