Rota do Oeste emite nota de posicionamento sobre manifestações na BR 163

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook

A Concessionária Rota do Oeste emitiu uma nota de posicionamento sobre a manifestação realizada na rodovia BR 163 na tarde desta quinta-feira, promovida por autoridades políticas, entidades, associações e membros da sociedade organizada pedindo a conclusão da duplicação e a recuperação da rodovia. A concessionária considera o movimento legítimo.

Confira a Nota de Posicionamento da Rota do Oeste:

A Concessionária Rota do Oeste (CRO) informa que está acompanhando as
manifestações na BR-163 – no trecho que compreende o município de Sorriso (414 km
de Cuiabá) – e dando suporte operacional para que o movimento, o qual consideramos
legítimo, possa continuar sendo realizado de maneira pacífica e ordeira, de forma a
impactar o menos possível no tráfego da rodovia.

O movimento, conforme divulgado na imprensa, foi conclamado por autoridades políticas
da região e caminhoneiros, na tentativa de chamar a atenção do Governo Federal para
a possibilidade de um acordo de concessão colaborativo do trecho. Recentemente, vale
lembrar, a Rota do Oeste e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)
acenaram para a devolução amigável do contrato de gestão da rodovia.

A empresa assumiu a gestão da BR-163, principal rota de escoamento de grãos de Mato
Grosso, em março de 2014, como parte da terceira etapa do Programa de Investimentos
em Logística do Governo Federal. E no segundo semestre de 2016, foi incumbida da
manutenção das travessias urbanas de Sorriso. Deste então, foram realizados a
revitalização de pavimento, sinalização, construção de sarjetas, entre outros serviços.

Em tempo, o pedido para devolução amigável deste contrato foi apresentado pela
concessionária devido a fatos imprevisíveis e extraordinários que aconteceram ao longo
da gestão da rodovia e que impactaram de forma grave as condições que foram
propostas no edital de licitação. Por isso, cumprindo seu modo transparente de atuação,
a Rota do Oeste propôs a devolução da concessão.

A partir de agora, conforme previsto na Lei n 13.448/2017, o Governo Federal, irá
conduzir a celebração dos ajustes adequados no contrato de gestão da BR-163, em
novas condições contratuais e com outros contratados, mediante licitação que será
promovida para esse fim. Todo esse processo, seguirá sob análise do Conselho do
Programa de Parcerias de Investimento (PPI).

Diante o cenário, *a concessionária reafirma o seu compromisso com a segurança viária
e a trafegabilidade, acompanhando de perto qualquer movimento que venha a intervir
na passagem de veículos pela BR-163. Em seus trechos de responsabilidade, a Rota do
Oeste atua hoje com 12 equipes de manutenção, número que deve ser aumentado com
queda no volume de chuvas, e prevê investir ao menos R$ 150 milhões em melhoria de
pavimento, a maior parte ainda no primeiro semestre*.

Maninho Veículos
LCI Telecom
Programa Estação Sicredi

Veja também

16055135_whatsapp-i

Mulher de 22 anos morre após bater moto em viatura da PM em MT

viatura resgate bombeiros

Jovem morre após grave acidente em Lucas do Rio Verde

IMG-20220515-WA0055

Sorriso: motociclista morre ao colidir de frente com caminhão baú na BR 163

Diego-Alves-dos-Santos-falecido-Sinop-maio-2022-arquivo-pessoal

Morre fiscal que sofreu acidente de moto em Sinop e estava hospitalizado

Caminhão-carregado-soja-tomba-rodovia-BR-163-Sinop-maio-2022-assessoria-990x556

Carreta carregada com arroz tomba na BR-163 em Sinop

13053717_1

Motociclista perde o controle, acaba atropelado por ônibus e morre