(66) 3544-2595

Telefone

(66) 99634-6964

WHATSAPP

Sorriso arrecada 5 mil litros de óleo usado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Atitude sustentável resultou na preservação de recursos hídricos e também trará recursos financeiros às unidades escolares

Em dois meses e meio, as 35 unidades escolares de Sorriso que participam do projeto LEVO (Local de Entrega Voluntária de Óleo) recolheram, juntas, 5 mil litros de óleo de cozinha usado. Muito, né? Pois saiba então que, por meio da destinação correta deste volume de resíduo, 100 milhões de litros de água deixaram de ser contaminados.

A informação é da coordenadora do Programa Eco Sorriso, Sabrina Meneghelo, que acrescenta ainda que “as pequenas ações sustentáveis de cada pessoa, de cada família, de cada lanchonete, de cada restaurante, ganham proporções gigantescas coletivamente”.

Em Sorriso, desde julho do ano passado, as 35 escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis) que fazem parte da rede municipal de educação contam um contêiner para armazenar o óleo de cozinha usado.

Nesta iniciativa, a Prefeitura conta com a parceria da Teoria Verde e Biomavi Reciclagem, e também recebeu o apoio da FS Bioenergia. A FS fez a doação dos contêineres para acondicionar óleo recebido até o momento da coleta pela Biomavi.

Para cada litro de óleo residual arrecadado, a unidade escolar recebe R$ 0,60 e os recursos devem ser investidos na própria unidade. Além deste incentivo financeiro, a Teoria Verde promoverá ações de educação ambiental nas escolas, amplificando assim o trabalho para sensibilizar as novas gerações sobre a necessidade de um modo de vida mais sustentável.

No ranking das unidades que mais arrecadaram o óleo residual, estão o Cemeis Pingo de Amor e a Escola Municipal Aureliano Pereira da Silva, com mil litros cada uma. Na sequência, o Cemeis São Domingos, com 710 litros; a E.M. Ivete Lourdes Arenhardt, com 600 litros; seguida pela E.M. Gente Sabida, com 500 litros.

“Nas demais unidades, a média coletada variou entre 100 e 200 litros”, contabiliza Sabrina, lembrando que o óleo usado pode ser levado aos pontos de coleta das 6h30 às 18 horas, de segunda à sexta-feira. Para destinar o resíduo é bem simples: é preciso aguardar o óleo esfriar, colocar em uma garrafa pet (que também será reciclada). Para fazer a entrega, a garrafa precisa estar cheia e o resíduo só pode ser composto por óleos vegetais, visto que a banha de porco, por exemplo, inviabiliza o processo.