Sorriso: homem de 29 anos é preso em flagrante por estupro de vulnerável contra própria filha de 8 anos

Um homem de 29 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira, em uma ação realizada pelo Núcleo de Violência Doméstica da Delegacia de Sorriso. O indivíduo é apontado como autor do crime de estupro de vulnerável praticado contra sua própria filha, uma criança de apenas 8 anos de idade.

De acordo com as investigações, o suspeito aproveitava os momentos em que a filha dormia na residência da avó paterna para cometer os abusos. Após a mãe da vítima procurar a Delegacia de Sorriso para relatar os abusos praticados pelo pai, as autoridades iniciaram uma série de diligências para apurar o caso.

Segundo o relato da vítima, no mês de abril deste ano, quando ela ia dormir na casa da avó paterna, o pai se masturbava em sua frente, pouco antes de ela adormecer, aproveitando seu estado sonolento. Nos últimos meses, a criança passou a ter pesadelos durante a noite, gritando “Não pai! Não pai!”.

Nos dias 19 e 20 de junho, quando a menina foi novamente dormir na casa da avó, a mãe recebeu mensagens desesperadas da filha, pedindo socorro. A criança relatou que o pai havia mostrado novamente suas partes íntimas e, desta vez, havia pedido para que ela o tocasse.

Após a comunicação dos fatos, a equipe do Núcleo de Violência Doméstica agiu prontamente e realizou diligências para localizar o suspeito. Ele foi preso na fazenda em que trabalha, em Sorriso. Após ser interrogado pela delegada Jéssica Cristina de Assis, o homem foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

A Polícia Civil ressalta a importância de denunciar casos de violência doméstica e abuso sexual, especialmente quando envolvem crianças. Os abusos contra menores são considerados crimes graves e devem ser tratados com rigor pela justiça.

A vítima recebeu atendimento especializado e está sendo acompanhada por profissionais da área psicológica, visando seu bem-estar e recuperação. A polícia reforça a necessidade de apoio e acolhimento às vítimas de abuso, bem como a importância de denunciar qualquer forma de violência contra crianças e adolescentes.

O suspeito permanecerá sob custódia das autoridades e será encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça. O caso continua sob investigação para apurar todos os detalhes e responsabilidades envolvidas, garantindo a segurança e a proteção das vítimas.

Veja também

Homem é baleado no Jardim Carolina e é socorrido ao Hospital Regional de Sorriso

Sorriso: corpo de homem carbonizado é encontrado dentro de veículo

Ex-padrasto de vítima de estupro é preso após ameaçar mãe da criança para não denunciar crime

Programa “A Voz do Povo” recebe Dra. Juliana Siqueira para falar sobre a campanha Fevereiro Roxo e o Alzheimer

Coordenadora e Conselheira do Conselho Tutelar trazem orientações no programa A Voz do Povo

Ação integrada da PM e PRF apreende 200 quilos de drogas em Barra do Garças