Sorriso: Delegada confirma prisão de homem suspeito de estuprar a própria filha e outra criança de 8 anos

Foi cumprido nesta terça-feira (05-03) em Sorriso um mandado de prisão preventiva contra um homem de 54 anos, suspeito de estuprar a própria filha quando criança.

A jovem tem hoje 17 anos de idade e contou que dos 8 aos 13 anos foi abusada pelo pai. Ela também relatou abusos que o mesmo suspeito teria cometido contra uma criança de 8 anos que frequentava a casa.

As investigações da PJC iniciaram no Natal de 2022, quando uma mulher relatou às autoridades que sua filha de oito anos teria sido abusada. A mãe notou alterações no comportamento da filha e, no final do ano passado, ao ser questionada, a vítima acabou contando sobre o abuso.

A delegada Jessica Assis, que responde pelo Núcleo da Mulher em Sorriso explicou que o suspeito “teria tocado as partes íntimas da vítima durante uma confraternização em uma fazenda. A criança veio a revelar esse fato apenas um ano depois, após a mãe verificar uma série de mudanças comportamentais, como agressividade em excesso, repulsa a toques da própria família e brigas. A mãe foi questionar, a criança começou a chorar e contou do ocorrido”.

Poucos dias depois, a Polícia Civil que já investigava o caso, recebeu uma denúncia anônima de que o mesmo homem teria abusado da própria filha. A adolescente foi ouvida na delegacia e  confirmou a denúncia. “Ela foi ouvida em escuta especializada e confirmou que foi abusada dos oito até os 13 anos. Ela revela que foram diversos episódios em que ficavam sozinhos e ele se aproveitava”, disse a delegada.

A jovem também relatou que uma irmã de oito anos e que durante todo o período em que os abusos ocorreram, passou o tempo protegendo a outra menor para evitar que também fosse vítima do abusador. “Ela afirma que a irmã não foi abusada por conta desses cuidados. Ela acabou revelando isso há pouco tempo para a mãe e a avó. Todas foram ouvidas aqui na delegacia e há uma robustez probatória em relação a esses crimes cometidos”, relatou a delegada Jéssica Assis.

O suspeito foi preso após comparecer espontaneamente à delegacia, com uma advogada, após saber que havia um mandado de prisão em seu nome. A delegada confirmou que as investigações continuam para verificar se há outras vítimas.

Veja também

Sorriso: Veículo capota após atravessar canteiro central da BR-163 próximo à rodoviária; Motorista fica ferido

Colisão frontal: identificada vítima de acidente fatal na BR-163 em Sorriso

Sorriso: Bombeiros encerram buscas pela segunda parte do corpo do adolescente Giovanni Viotto

Delegada Jessica Assis fala sobre a Campanha Maio Laranja de combate ao abuso e à exploração sexual infantil

Polícia Militar recupera em Sorriso caminhonete furtada da Funai de Colíder

Manifestação na Agência da Caixa Econômica Federal de Sorriso chama atenção para falta de pessoal